Raízes da África
Raízes da África

Postado em 05/05/2017 às 12:15 por Arísia Barros em Raízes da África 0

O Estado precisa, URGENTEMENTE, encarar o desafio de estabelecer políticas sociais sustentáveis, estruturais e estruturantes, a médio, curto e longo prazo, Excelência Renan Filho.




Por Arísia Barros

Com pior IDH ( Indice de Desenvolvimento Humano)  do país, o  estado de Alagoas é feito uma enorme colcha de retalhos, de um lado as  gentes assistidas , abastadas de direitos e  de um outro lado, vemos as outras  muitas  e tantas gentes  que vivem  a problemática do pauperismo social, em extrema indigência, onde falta o “de comer” e o de “beber”, moradia decente...

Aquelas gentes que de tão acostumadas com a miséria cotidiana se apegam na fé para alimentar os caminhos de sobrevivência

As gentes do “Deus proverá”.

Gentes dessemelhantes e muito desiguais obsedadas pela pauperização que ronda obesa alargando as  privações. Falta tudo.

Uma pauperização com caráter agressivo e genocida. Provocativa dos embates sanguinolentos em ruas, periferias, grotas, favelas, subúrbios.

A miséria letal que sobe escadas atravessa pontilhões e faz escárnio de paredes pintadas de novas, quando dentro das casas habitam pessoas que são governadas pelo vazio de oportunidades, possibilidades, perspectivas.

Tenho três filhos - me diz a senhora, no oco da casa muito humilde, de uma grota “revitalizada” da capital, Maceió, AL.

 Um tem 10 anos, o outro 12 e o mais velho 14 anos- vai dizendo com a voz arrastada pelos cansaços diários.

E continua: - Esse, se referindo ao mais velho,  já se meteu com o que não presta. Mas o que posso fazer? Sou sozinha, desempregada e não dou conta de cuidar deles.

E o pai? Pergunto.

Ela com a resposta precisa na ponta da língua:- Está preso!

Para mudar os problemas basilares  e dos  paupérrimos sociais  que  avassalam os muitos territórios alagoanos, o Estado  precisa mudar, estruturalmente, a forma de fazer política.

Aliado a construção de concretos e mais concretos, o Estado precisa, URGENTEMENTE,  encarar o desafio de estabelecer  políticas sociais sustentáveis, estruturais e estruturantes, a médio, curto  e longo prazo.

Para que Alagoas seja  um estado de Excelência é precioso o respeito aos direitos constitucionais do povo, governador Renan Filho.

Todos os direitos.


Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.