Polícia

Postado em 12/02/2016 às 15:01

Quatro são detidos após furto em supermercado de shopping


Por Redação com PM/AL


Quatro pessoas foram detidas na tarde desta quinta-feira, 11, no bairro da Cidade Universitária, por equipes do Batalhão de Radiopatrulha. O grupo é acusado de furtar materiais de um supermercado localizado nas dependências de um shopping da parte alta de Maceió.

Foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes, no Farol: Tamires Maria Rodrigues de Almeida, 24 anos; José dos Santos Correia, 33 anos; Paulo Sérgio dos Santos, 33 anos e Willams Barros de Araújo, de 20 anos.
 
Todos foram autuados por furto qualificado.
 
Tentativa de furto
 

Já uma equipe do Batalhão de Eventos apreendeu uma pistola calibre 380, com seis munições intactas. A arma estava com dois indivíduos e foi encontrada na tarde de ontem no bairro do Jacintinho.
 
Niedson Joaquim Gonçalves e Emerson Ferreira da Silva, ambos de 21 anos, são acusados de furtos na região e foram encaminhados para a Central de Flagrantes.


Postado em 12/02/2016 às 14:57

Oplit recupera carro roubado que estava com placa clonada


Por Redação com PC/AL

Policiais da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) recuperaram na quinta-feira (11), no bairro da Jatiúca, um automóvel que foi roubado em Maceió, e que estava com a placa clonada. 

Os agente confirmaram que o automóvel estava com a placa OHD6408, mas o chassi do carro era ORH5831. A numeração pertencia a outro veículo, que foi roubado na capital no dia 25 de janeiro deste ano.

Após o automóvel ter sido apreendido, os policiais encaminharam as informações para a Delegacia de Roubo e Furtos de Veículos e Cargas, para os procedimentos cabíveis.


Postado em 12/02/2016 às 11:20

Lote de armas usadas pela Polícia Civil passará por recall


Por Vanessa Siqueira

Assessoria - PC

Delegacia Geral da Polícia Civil

Um lote de pistolas modelo PT24/7 da marca Taurus, que são usadas por policiais civis, terão que ser recolhidas pela empresa por apresentarem problemas de funcionamento. Uma portaria determinando a medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (12).

Na publicação, o delegado-geral, Paulo Cerqueira, explica que a medida foi tomada após informações do Setor de Manutenção de Armas de Fogo da Polícia Civil sobre o mau funcionamento das armas.

Todos os servidores da PC que utilizam o modelo terão cinco dias úteis a partir de hoje para ir até a Assessoria Técnica do Núcleo de Armas, Munições e Explosivos (NURRCAME) e entregar a arma.

O recall será feito na sede da fábrica da Taurus, que fica em São Leopoldo (RS). O servidor que não entregar a arma poderá responder administrativamente.

O CadaMinuto questionou a assessoria de comunicação da PC sobre a quantidade de armas que irão passar pelo recall e se a medida afetaria o trabalho dos agentes. O setor informou que não será divulgada a quantidade de pistolas e disse ainda que a empresa se comprometeu em repor o arsenal o mais rápido possível.  


Postado em 12/02/2016 às 09:24

Agentes evitam fuga em delegacia de Viçosa


Por Redação com Ascom PC/AL

Presos tentavam abrir buraco na parede

Policiais civis conseguiram evitar na noite desta quinta-feira (12) uma fuga na Delegacia Regional de Viçosa. Os presos tentavam abrir um buraco na parede quando foram surpreendidos pelos agentes policiais.

Segundo informou a Polícia Civil, a equipe de serviço percebeu uma movimentação suspeita na cela 3, por volta das 23 horas, e ao entrar na cela eles perceberam que os presos haviam aberto um buraco na parede, de aproximadamente 45 centímetros de diâmetro.

Segundo o chefe de operações, policial Gilberto, os presos – vindos de várias comarcas - usaram ferragens retiradas de ventilador para abrirem o buraco.

Ele informou também que as celas estão superlotadas. A capacidade total é de nove presos, e atualmente 19 estão recolhidos à delegacia. O delegado regional Rosivaldo Vilar está apurando a tentativa de fuga.


Postado em 12/02/2016 às 08:24

Suspeito de assaltos a bancos no Nordeste é preso em Arapiraca


Por Redação*

Um suspeito de assalto a agências bancárias foi preso e localizado no município de Arapiraca após cinco meses de investigação realizados pela Seção Especial de Roubo a Banco (Serb), unidade da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic).

A prisão ocorreu nesta quinta-feira (11) Egildo Luiz Gomes, 33 anos, conhecido como “Vaqueiro” ou “Cowboy”,  é apontado de envolvimento em diversos assaltos a banco no Nordeste.

O acusado teve a prisão decretada pela 17ª Vara Criminal. A ação teve a participação de policiais civis da Serb, do Tático Integrado Grupo de Resgates Especiais (Tigre), do Núcleo de Inteligência da Deic (NI) e de integrantes do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc).

“Egildo é suspeito de ter participado de vários assaltos a banco no Sertão de Alagoas. Ele também possui acusações pelo mesmo crime nos estados da Bahia e Sergipe, onde era procurado”, informou o delegado.

Com o acusado foram apreendidos dois veículos, uma Hilux e um Honda Civic, e várias placas de carros de diversos estados. Após a prisão, Egildo foi encaminhado até a sede da Deic, onde está sendo ouvido pelo delegado Felipe Caldas.

O material apreendido será analisado.

*Com informações da Polícia Civil 


Postado em 12/02/2016 às 08:38

Homem é preso em flagrante após receber 18 Kg de maconha


Por Redação

arquivo

Bope

A polícia militar prendeu em flagrante na noite desta quinta-feira (11), no bairro do Benedito Bentes, um homem acusado de tráfico de drogas. A inteligência do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o Grupo de Especial de Combate as Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público já estavam investigando o suspeito.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), o acusado identificado como José Cícero Pedro da Silva, de 34 anos, já estava sendo investigado quando a polícia recebeu a informação que ele receberia 18 Kg de drogas no bairro do Benedito Bentes.

A guarnição motorizada do Bope foi até o local informado e flagrou José Cícero com os 18 Kg de maconha e R$ 200,00 em espécie. O acusado foi conduzido à Delegacia de Repressão ao Narcotráfico, onde foi autuado por tráfico de entorpecentes. 


Postado em 11/02/2016 às 17:24

Polícia prende criminoso que agia no Litoral Norte


Por Redação*

Luciano Torres da Silva

Uma ação integrada das Polícias Civil e Militar resultou, na manhã desta quinta-feira (11), na prisão de Luciano Torres da Silva, 25 anos, mais conhecido como “Mão de Onça”, tirando de circulação um criminoso de alta periculosidade que atuava no Litoral Norte do Estado.

A prisão aconteceu após o recebimento de denúncias anônimas, através do Disque Denúncia - 181. Os policiais localizaram e prenderam ”Mão de Onça” em Maceió, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz Wilamo de Omena Lopes, da Vara do Único Ofício de Paripueira.

Ele é acusado da prática de delitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico, e de ser o autor do crime de homicídio qualificado ocorrido no ano de 2015, na cidade de Barra de Santo Antônio, onde vitimou um jovem com disparos de arma de fogo e golpes de faca-peixeira.

De acordo com o delegado Tarcízio Vitorino, titular da Delegacia da Barra de Santo Antônio (19º DP), “Mão de Onça” além desses crimes, também responde a processos judiciais por tráfico de drogas, tentativa de homicídio, lesão corporal, furto e roubo. 

Após ser preso, o acusado foi conduzido ao 19º DP, para ser autuado e  em seguida será encaminhado à Casa de Custódia da Capital, onde ficará à disposição da Justiça.

O trabalho de investigação contou com o apoio do delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira e do gerente de Polícia Judiciária da Região Metropolitana, delegado Cícero Lima, que foram fundamentais para o início das investigações.

*Com Ascom PC/AL


Postado em 11/02/2016 às 16:57

Oplit prende dois acusados de roubo na Jatiúca


Por Redação*

Foto: Ascom PC/AL

Agentes da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) prenderam em flagrante na tarde desta quinta-feira (11), dois acusados de furto qualificado na parte baixa da capital.

Edmar Lins de Albuquerque, de 33 anos, e Leandro Washington Pinto, 32, foram flagrados no bairro da Jatiúca, em Maceió, após arrombar um restaurante e subtrair do local uma televisão de 58 polegadas.

Após a Oplit prender a dupla e localizar o lugar onde eles arrombaram, os policiais ligaram para os proprietários do restaurante e informaram que o material furtado havia sido recuperado.

Os presos foram conduzidos à Central de Flagrantes I e foram autuados pela delegada plantonista Rosimeire Vieira.

*Com Ascom PC/AL


Postado em 11/02/2016 às 14:41

Menor é baleado por suposto vendedor de drogas


Por Redação

Assessoria (Arquivo)

Samu

No início da tarde desta quinta-feira, 11, um menor de 17 anos foi alvejado por disparos de arma de fogo. A tentativa de homicídio aconteceu no bairro da Levada, nas proximidades do Mercado da produção.

Informações da polícia revelam que a vítima teria se desentendido com um vendedor de drogas o que teria ocasionado a tentativa de assassinato.

O menor foi atingido nas costas, no abdômen e nos membros inferiores. Equipes do Samu encaminharam a vítima ao Hospital Geral do Estado (HGE).


Postado em 11/02/2016 às 12:15

Decapitações no interior foram motivadas por vingança, diz Polícia Civil


Por Maria Alliny Torres*

Foto: Assessoria - PC

Delegado Geral Paulo Cerqueira

Dois crimes considerados bárbaros que aconteceram durante o feriadão do carnaval foram esclarecidos pelo delegado da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, em coletiva de imprensa sobre o balanço dos dados da polícia no período carnavalesco na manhã desta quinta feira (11).

O primeiro caso foi relacionado à Mair Alvez da Silva, de 49 anos, que teve a cabeça decapitada no último sábado (6), na zona rural de Olho d´água das Flores. O delegado esclareceu que após as investigações, foi confirmado que o crime aconteceu por motivo de vingança.

Mair Alvez foi preso em 2003 após assassinar a esposa. Depois de dois anos na prisão, o acusado foi transferido para o manicômio após apresentar problemas mentais. De acordo com o delegado, o acusado havia voltado pra casa dos parentes quando foi sequestrado e teve a cabeça decapitada pelos familiares de sua ex-mulher.

O outro crime aconteceu no município de Coruripe, com a morte do jovem Eliseu Rocha da Silva. Segundo a polícia, Eliseu tinha envolvimento com o tráfico de drogas da região e teve sua cabeça decapitada por meliantes da localidade. 

O delegado informou que o inquérito está sendo concluído para a prisão dos acusados nos dois crimes. 


Postado em 11/02/2016 às 11:42

Juiz decreta prisão da mãe do garoto Dyllan


Por Vanessa Siqueira

Foto: Arquivo da família

Dyllan Taylor com a mãe e o padrasto

Joyce Silva Soares, mãe do garoto Dyllan Taylor Soares, de 3 anos, encontrado morto no mês passado, terá a prisão decretada pelo juiz da 5ª Vara Criminal de Arapiraca, Alfredo Mesquita.

O juiz decidiu acatar o pedido de prisão preventiva feito pelo delegado que investiga o caso, Magaiver Luiz e que recebeu parecer favorável do promotor de Justiça Nilson Miranda.

Segundo o juiz Alfredo Mesquita, o decreto de prisão tem como base indícios de que Joyce participaria das agressões ao próprio filho e os fatos apurados pela investigação da Polícia Civil que apontam para emprego de violência contra a criança. “A Polícia Civil ouviu a mãe e o padrasto e testemunhas e as investigações apontam para uso da violência contra uma criança que não tinha como se defender”, explicou.

Apesar de Joyce negar as agressões ao filho, a polícia prendeu o padrasto do garoto, Meydson Alysson Silva Leão sob a acusação de espancar o menor, motivando assim a sua morte. Conforme informações, Meydson chegou a confessar o crime e apontou a participação da mãe nos espancamentos.

O CASO

A versão contada por Joyce e Meydson para a morte do menino era de que durante a noite, a criança apresentou sinais de inchaço na barriga e por falta de orientação, se dirigiram a uma farmácia no bairro onde compraram um medicamento para gases, indicado pelo proprietário.

Após supostamente ingerir o medicamento, de nome não divulgado pelos pais, a criança conseguiu dormir. Joyce afirmou que na manhã seguinte já encontrou o filho sem vida no quarto.

A versão do casal foi desmentida pelo laudo emitido pelo médico legista do IML que, durante a autópsia, verificou sinais de agressões em várias partes do corpo da criança. Meydson e Joyce foram intimados a depor, onde o padrasto acabou ficando preso e a mãe liberada. Meydson foi preso e foi transferido para o Presídio do Agreste.


Postado em 11/02/2016 às 11:27

Período carnavalesco registrou aumento de homicídios se comparado a 2015

Maioria dos crimes foram por motivos fúteis e 60% das ocorrências foram resolvidas


Por Paulo Chancey Junior com Maria Alliny Torres

Foto: CadaMinuto

Durante apresentação do balanço de ocorrências da Secretaria de Segurança Pública na manhã desta quinta-feira (11) referente ao período de carnaval, vários tipos de crimes apresentaram redução, quando comparados ao ano passado. Porém, o número de homicídios apresentou leve aumento este ano.

Este ano foram 28 homicídios dolosos, quando se tem a intenção de matar. Quatro crimes aconteceram no sábado, seis no domingo, nove na segunda e um na terça-feira. O total de crimes foi maior que no ano passado, quando foram registrados 24 assassinatos.

Apesar do aumento no número de crimes, a avaliação geral da SSP segue apostando na redução dos homicídios. Isso porque, em 2011 foram 53, 2012 foram 48, 2013 foram 35 e 2014 foram 38 crimes.

O Coronel Marcos Vinicius, secretário adjunto de Segurança Pública, apontou uma razão para o leve aumento de homicídios. “O aumento tem ligação com o número de festas realizadas no interior do Estado, maior que no ano passado”, disse.

A afirmação do Coronel PM se explica, uma vez que dos 28 homicídios durante o feriado de carnaval, apenas 4 aconteceram em Maceió, número menor que no ano passado, quando foram 9 assassinatos.

Por outro lado, várias categorias apresentaram redução de números. O número de tentativas de homicídios foi de 21 contra 38 de 2015, acidentes de trânsito com morte foram 7 contra 11e acidentes diversos foram 5 contra 10.

Outra ocorrência que apresentou queda foi referente aos atendimentos da Polícia Militar e Polícia Civil. Para a PM, este ano foram 1043 contra 1298 de 2015,apresentando uma redução de -19,6%. Com relação a PC, foram 765 ocorrências contra 1116 de 2015, com redução de -31,5%.

A Polícia Civil por sinal, também divulgou seus números do período momesco. Este ano foram 97 prisões em flagrante, número menor que as 114 de 2015. Além disso, foram 57 Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), contra 64 do ano passado, apenas 5 atos infracionais contra 17 e 5 apreensões de adolescentes contra 17 do último ano.

O delegado Paulo Cerqueira apontou que qualquer aumento no número de crimes não condiz com a realidade. “Esse ano a atuação da polícia foi muito maior, então, os números são muito mais precisos. Por outro lado, os crimes que foram registrados, em sua maioria aconteceram por razões fúteis e 60% deles já foram solucionados”, acrescentou.

O Corpo de Bombeiros também apresentou números de atuação nos quatro dias de folia. Na capital foram 4.645 ações, sem registro de óbitos. No interior, 321 ações, com quatro óbitos confirmados. Total de chamados de 4.966.