Polícia

Postado em 26/04/2017 às 21:32 0

Família de adolescente morto oferece recompensa por informações sobre acusado do crime


Por Redação*

Foto: Radar 89

Walter Kassius Clay Duarte Cavalcante, acusado do crime

Familiares do adolescente Arthur Siqueira Pantaleão, 14 anos, divulgaram que estão oferecendo uma recompensa no valor de R$ 10 mil reais, para quem passar informações concretas sobre o paradeiro do acusado de ter efetuado os disparos que o vitimou fatalmente.

Walter Kassius Clay Duarte Cavalcante, 20 anos, é o principal suspeito do crime, ocorrido na última sexta-feira, 21, em frente ao Colégio Afrânio Salgado Lages, em Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano.

A prisão de Walter Kassius já foi expedida pela comarca de Delmiro Gouveia. A polícia afirma não restar dúvidas de que seja dele a autoria do crime.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do acusado, e quiser fazer a denúncia, pode ligar para os números (82) 3641-5368 / 3641-5630. Também pode ligar para o telefone do Disque Denúncia (181), a ligação é confidencial e o anonimato é garantido.

Leia mais: Adolescente é assassinado após reagir assalto a mão armada​

*com Radar 89

 

 


Postado em 26/04/2017 às 20:28 0

Em busca de homicidas polícia ocupa Vale do Reginaldo


Por Redação

Foto: Vanessa Siqueira/Arquivo

Operação no Vale do Reginaldo

Em busca de acusados de homicídios que foram previamente investigados, policiais da Delegacia de Homicídios da Capital e do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) ocuparam na tarde desta quarta-feira, 26, o Vale do Reginaldo, na parte alta de Maceió.

A ação ocorre em cumprimento a mandados de prisão, busca e apreensão expedidos pela 17ª Vara Criminal.

Segundo as primeiras informações repassadas, um dos acusados foi localizado em um bar no local. Durante a abordagem, o homem reagiu e houve troca de tiros. Não há registros de feridos.

Ainda não foram divulgadas informações sobre prisões. A operação poderá se estender para outros bairros de Maceió.

 


Postado em 26/04/2017 às 17:54 0

Operação no Litoral Norte prende envolvidos com o tráfico de drogas

Polícias apreenderam armas, carregadores , maconha, crack e pasta-base de cocaína


Por Assessoria

Foto: Ascom SSP

Uma grande operação desencadeada na manhã desta quarta-feira (26), no município de Maragogi, Litoral Norte de Alagoas, com policiais militares, civis e com apoio do Grupamento Aéreo, resultou em duas prisões e apreensão de quatro armas, além de maconha, crack e pasta-base de cocaína. Uma pessoa trocou tiros com a polícia e acabou em óbito.

Com mandados expedidos pelo juiz Diogo de Mendonça Furtado, da Comarca de Maragogi, os agentes da Segurança Pública, sob comando da tenente-coronel Fátima Basílio e do delegado Ailton Prazeres, tinham como alvos suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, roubo e homicídios na região.

O cerco foi fechado no conjunto Deda Paz, numa região conhecida como “risca faca’, e que tem histórico de comercialização ilícita em  bocas de fumo. Conforme a polícia um dos presos, identificado como Jadson Iago Coutinho de Mendonça, 19 anos, tinha registro de homicídios e envolvimento com o tráfico de drogas, inclusive havia assassinado um primo com um revólver de calibre 32, furtado do avô, apreendido na operação. 

Já Michele dos Anjos Santos, de 30 anos, é apontada como comparsa do marido no tráfico de drogas ilícitas. Durante os cumprimentos de mandados, José Alexandro Silva dos Santos, 27 anos, conhecido como “luxúria”, e segundo a polícia um dos maiores traficantes da região, trocou tiros com as guarnições e foi ferido, indo a óbito. Ele também era envolvido com roubo e a polícia conseguiu recuperar uma caminhonete Hilux furto de uma de suas ações criminosas. O veículo se encontra em frente ao 6º Batalhão da Polícia Militar. "Luxúria" teria sido entregue por Iago. 

No total, as polícias apreenderam quatro armas sendo duas espingardas de calibre 12, nove cartuchos para a referida arma, um revólver de calibre 32, uma pistola .40 com cinco carregadores -  e que estava com o "luxúria" -, 490 bombinhas de maconha, 318g de maconha prensada, 85g de crack (sem cortes), mais 60 pedras da mesma droga, 84g de pasta-base de cocaína.

 

 


Postado em 26/04/2017 às 16:52 0

PM é baleado durante tentativa de assalto e pistola é levada por bandidos

Polícia procura suspeitos; quadro clínico da vítima é estável


Por Raíssa França

Thiago Davino - Cada Minuto

SAMU

Um policial militar da reserva remunerada foi baleado na região do braço, perna esquerda e nádegas na tarde desta quarta-feira (26), durante uma tentativa de assalto em uma loja de informática no bairro do Clima Bom, parte alta da capital.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Polícia Militar, José Barbosa da Silva estaria dentro do estabelecimento comercial quando três assaltantes entraram na loja para assaltar e o PM teria reagido à ação.

Ainda de acordo com a assessoria, os assaltantes levaram a pistola do militar.

Após acontecido, o sargento teria ligado para o Centro Integrado de Operações da Secretaria de Segurança Pública (Ciosp) e narrado o acontecido.

José Barbosa foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado ao Hospital Arthur Ramos, no Farol. Seu estado de saúde é considerado estável.


Postado em 26/04/2017 às 16:45 0

Delegacias distritais vão fechar no período da noite


Por Redação*

CadaMinuto/Arquivo

Josimar Melo

Apesar do aumento dos índices da violência, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas informou nesta quarta-feira, dia 26 que em atenção a determinação do Governo do Estado as delegacias distritais ficarão fechadas depois das 18 horas.

Conforme informações da assessoria de Comunicação do Sindicato, a partir do dia 1º de maio, os distritos policiais do 1º, 3º, 6º e 22º serão fechados no período da noite funcionarão apenas as câmeras de vídeo monitoramento.

O presidente do Sindpol, Josimar Melo, alerta que essa iniciativa do Governo fortalecerá a criminalidade e tornará a população mais vulnerável à violência.

O Sindpol revela que o trabalho dos policiais inibe as ações criminosas nos bairros. “A delegacia é o primeiro local procurado pelo cidadão, quando ele é vítima da violência”, diz Josimar Melo, acrescentando que quando dois ônibus foram queimados em janeiro no Vergel e na Ponta Grossa, a população e os policiais militares recorreram ao 3º DP para ter apoio dos policiais civis.

O vice-presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, ressalta que a permanência do plantão interno de policiais na localidade é uma prevenção à violência. “A Polícia precisa estar presente nas comunidades. Sem a presença da polícia investigativa, as facções criminosas crescem e se espalham nos bairros de Maceió e nos municípios alagoanos. De forma equivocada, a Secretaria de Segurança Pública retira os policiais civis, deixando, simplesmente, câmeras no lugar do profissional”, questiona.

Nazário explica que o policial também é responsável pela preservação dos inquéritos policiais em andamento, do armamento e dos materiais apreendidos (veículos, armas, drogas etc), mas o governo não está preocupado com isso.

O Sindpol informa que está havendo um desmonte da Polícia Civil. A entidade sindical alerta que é inconstitucional os policiais civis realizarem rondas. “A Secretaria de Segurança Pública deverá convocar os policiais civis do plantão noturno das distritais para as rondas. Isso é um flagrante desvio da função policial, que é a investigação. O trabalho ostensivo é uma atribuição da Polícia Militar”, explica.

O dirigente sindical destaca que o Sindpol não aceitará que o Estado retire os policiais civis das delegacias à noite. A entidade sindical irá realizar ato público na próxima semana.

“Enquanto o governo não respeita as atribuições a Polícia Civil, a violência aumenta. Os números do mês de março, divulgados pela SSP/AL, mostram que ocorreram 196 assassinatos no Estado, contra 171 no ano passado. Em quase um ano, os números da violência disparam em Alagoas. E a tendência é piorar com essa política de segurança”, destaca Nazário.

Em nota enviada à imprensa, a direção da Polícia Civil de Alagoas destacou que a implantação do sistema de segurança por câmeras não trarão prejuízos uma vez que essa prática já existe.

Confira abaixo a nota na íntegra.

A direção da Polícia Civil de Alagoas esclarece que as medidas que estão sendo implementadas nas delegacias distritais da Capital do 1º, 3º, 6º e 22º DP’s, no que diz respeito a implantação do videomonitoramento,  não trarão nenhum prejuízo à sociedade quanto ao desenvolvimento do trabalho da instituição.

As citadas unidades policiais já funcionavam das 8h às 12h e das 14h às 18h, para atendimento ao público;

Todos os casos acontecidos na Capital, nas áreas de abrangência do 1º, 3º, 6º e 22º distritos a partir das 18h, até ás 8h do dia seguinte, não eram atendidos pelas referidas delegacias, mas sim encaminhados para as Centrais de Flagrantes 1 e 2;

A medida trará ganhos para a população, pois os policiais civis que ficavam de plantão no prédio das unidades policiais, realizando a guarda dos mesmos, serão deslocados para outras unidades para atuar na atividade fim da Polícia Civil, que é o trabalho de investigação, podendo contribuir para aumentar ainda mais a elucidação de crimes. Além do que serão mantidas todas as vantagens remuneratórias, que os agentes recebem atualmente.

Outro aspecto importante é que a  unidade policial passará a ter um acréscimo em seu efetivo de mais seis policiais para desempenhar as atividades diariamente, de segunda a sexta-feira, saindo da escala de um dia de trabalho por três de folga.

Por fim, a direção da Polícia Civil reitera que tais medidas se juntam a outras pensadas e já colocadas em prática pela atual gestão, com o único intuito de melhorar a qualidade dos serviços prestados à sociedade pela instituição, com resultados positivos demonstrados pelos inúmeros casos de crimes investigados e esclarecidos, tendo os inquéritos sido concluídos e encaminhados à Justiça.

Assessoria de Comunicação da Polícia Civil de Alagoas.

*Com assessorias 


Postado em 26/04/2017 às 15:43 0

Suspeitos de assassinar sargento da Polícia Militar são presos

Ação das polícias Militar e Civil prendeu dois homens e apreendeu um adolescente


Por Fillipe Lima*

Sargento Renildo Ferreira

Horas após o assalto que resultou na morte do policial militar da reserva Renildo Ferreira, no município de Atalaia, nesta quarta-feira (26), uma ação conjunta envolvendo as polícias Militar e Civil prendeu dois homens e apreendeu um adolescente que são apontados como suspeitos do crime. As identidades dos acusados não foram divulgadas. Um homem envolvido no caso ainda está foragido.

De acordo com o delegado Igor Diego, em entrevista à TV Pajuçara, as forças políciais realizaram buscas pela região e localizaram os acusados.

"Nós iniciamos as buscas a partir do momento em que este crime foi registrado. Mesmo usando balaclavas no momento do assalto, testemunhas nos deram detalhes que foram determinantes para deter os três", disse Igor.

Ainda segundo o delegado, a ação teve a participação de cinco homens, sendo que um dos suspeitos - Maciel da Silva, de 22 anos - foi morto durante confronto com a Polícia Militar e outro ainda encontra-se foragido.

O delegado Igor Diego informou ainda que a van que foi alvo do assalto era de propriedade de Renildo Ferreira.

"Apuramos que a van pertencia ao Renildo e o motorista, que trabalhava para ele, estava se dirigindo a um velório. O policial estava como passageiro para poder conduzir o veículo na viagem da volta", finalizou o delegado.

*Estagiário


Postado em 26/04/2017 às 14:53 0

Polícia Militar prende trio com granada caseira


Por Fillipe Lima*

Foto: Ascom PM

Militares pertencentes ao 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam três homens acusados de tráfico de drogas e porte ilegal de armas. Nickson Renaldi Pessoa da Silva, de 19 anos; Lucas de Siqueira Lucena, de 22 anos e, Carlos Antônio da Silva Araújo, de 36 anos, também foram flagrados com uma granada caseira.

De acordo com a PM, uma guarnição estava realizando rondas no conjunto Geraldo Bulhões quando avistou três homens com atitudes suspeitas, que ao perceberam a presença dos policiais, efeturaram disparos de arma de fogo contra os militares.

Os policiais conseguiram prender o trio e encontraram com eles uma pistola 9 mm, contendo 20 munições, sendo uma deflagrada; além de dois porta carregadores; um revólver calibre 38; contendo cinco munições intactas; 165 pedras de crack; 145 gramas de maconha e uma granada caseira.
 
O trio foi encaminhado para a Central de Flagrantes III, localizada no Benedito Bentes.

*Com Ascom PM


Postado em 26/04/2017 às 14:40 0

Polícia apreende mais de 1.700 litros de combustíveis clandestinos


Por Vanessa Alencar*

Foto: Ascom/PM

Combustível foi apreendido em Joaquim Gomes

Quatro pessoas foram presas no começo da tarde desta quarta-feira, 26, e 1.710 litros de combustíveis clandestinos foram apreendidos em uma residência localizada na aldeia Wassu Cocal, em Joaquim Gomes.

Segundo as primeiras informações da assessoria de Comunicação da Polícia Militar, foram apreendidos, 1.150 litros de óleo diesel, 470 litros de gasolina e 90 litros de álcool. Os combustíveis estavam armazenados de forma inadequada e sem nenhuma segurança, em dezenas de garrafões e tonéis.

A ocorrência acompanhada pela 2 ª CPMI de Joaquim Gomes está em andamento.

Os presos, cujas identidades ainda não foram divulgadas, e o material apreendido foram levados para a Delegacia do Município. 

*Com Ascom/PM


Postado em 26/04/2017 às 14:41 0

Homem é morto após discussão por divisão de terras


Por Redação*

Foto: Reprodução

Um homem foi morto na manhã desta quarta-feira (26) após uma suposta discussão por divisão de terras no Povoado Gulandim, zona rural do município de Teotônio Vilela.

Identificado apenas como “Zé Sinhá”, o que se sabe até o momento é que ele foi morto a tiros. A polícia ainda está trabalhando para apurar a motivação do crime.

O homem, segundo informações de moradores do povoado, trabalhava transportando pessoas num veículo próprio, uma pick-up Chevrolet S10. A ocorrência foi registrada pela Guarda Civil Municipal, que já isolou a área e acionou a Polícia Civil.

*com Alagoasweb
 


Postado em 26/04/2017 às 11:37 0

Jovem conhecido como Anderson Vaqueiro é assassinado a tiros em Campo Grande



http://minutoarapiraca.cadaminuto.com.br/noticia/18629/2017/04/25/jovem-conhecido-como-anderson-vaqueiro-e-assassinado-a-tiros-em-campo-grande


Postado em 26/04/2017 às 11:07 0

Polícia recupera carro de delegado em Palmeira dos Índios


Por Redação

Delegado Itamar Uchôa

A Polícia Militar recuperou, nesta terça-feira (25), o veículo do delegado da Polícia Civil Itamar Uchôa que havia sido roubado em um trecho da AL 220, no município de Jaramataia. O carro foi encontrado em Palmeira dos Índios.

O veículo, Ford Ranger de cor preta, foi encontrado por militares do 10º Batalhão de Policia Militar. Uma equipe do Pelopes foi acionada para realizar abordagem no automóvel. Após a verificação, foi constatado que o carro havia sido abandonado pelos criminosos.

Segundo informações apuradas, o roubo aconteceu em um trecho da rodovia AL 220. Três homens armados conduzindo outro veículo rendeu o delegado enquanto ele estava parado no acostamento. O trio, que não foi identificado, fugiu do local após o delito.

O carro foi levado para a 5ª Delegacia Regional de Policia Civil para a serem realizados os procedimentos adequados. Nenhum suspeito foi preso.

MOTOCICLETA RECUPERADA

Uma equipe do mesmo batalhão recuperou, no município de Igaci, uma motocicleta Honda CG, de cor vermelha. Um adolescente conduzia o veículo quando foi abordado. Durante buscas no sistema foi constatado que havia queixa de roubo.

O adolescente de 17 anos foi encaminhado para a 5ª DRP, onde foi apreendido.


Postado em 26/04/2017 às 10:01 0

PRF prende mais um motorista com comprimidos de anfetamina


Por Redação com Ascom PRF/AL

Crédito: Ascom PRF/AL

Caminhoneiro foi preso na BR-316

Mais um caminhoneiro foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) suspeito de porte de drogas. O flagrante ocorreu em frente a Unidade Operacional (UOP) de Palmeira dos Índios, na rodovia Br-316, na noite desta terça-feira (25). O condutor apresentava sinais de alteração da capacidade psicomotora, e após revista pessoal foi encontrada uma cartela com 54 comprimidos de anfetamina. Ele assumiu que havia ingerido quatro deles para dirigir a noite.

A PRF recebeu informações de vários motoristas que passavam pela rodovia e avistaram um condutor de uma Scania T11, amarela, trafegando em zigue-zague e fazendo ultrapassagens arriscadas. Ao abordar o veículo, os policiais perceberam que o condutor estava com olhos avermelhados e arregalados, além de se mostrar muito ansioso. O teste de etilômetro não resultou ingestão de bebida alcoólica. No entanto, foi encontrada no bolso de sua calça uma cartela com 54 comprimidos de anfetamina, seis deles já haviam sido usados.

O homem, de 34 anos, assumiu que ingeriu quatro “rebites” (nome pelo qual a droga é conhecida) para se manter acordado durante a viagem noturna. Diante do flagrante ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade.

FLAGRANTES CONSTANTES E EFEITOS DA ANFETAMINA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas vem flagrando constantemente condutores, a maioria deles de veículos de carga, portando “rebites”. Apenas no mês de abril esse é o quinto motorista preso por este crime e 146 comprimidos de anfetamina foram apreendidos.

A substância, chamada anfetamina, é um estimulante do sistema nervoso central e causa nas pessoas a impressão de diminuição da fadiga, redução do sono, perda de apetite e de aumento da capacidade física e mental. Essa mistura de falsas sensações faz com que os seus consumidores percam parcialmente os reflexos, o que aumenta as chances de provocar graves acidentes. O grande perigo é que os motoristas se mantém acordados por muito tempo sob efeito da droga, e podem “apagar” de uma vez quando ela parar de agir.