Polícia encontra mais de 40kg de maconha em residência

Foto: Assessoria/Arquivo F1f0903a ce52 47d7 a384 3637f95f63be Guarnição do BPE

Após denúncia, equipes do Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE) apreenderam na noite desta sexta-feira, 20, mais de  40Kg de drogas que estavam escondidas dentro de uma residência, no bairro de Chã da Jaqueira.

Segundo informações do Boletim de Ocorrências do Centro Integrado de Operações (Ciosp) a guarnição realizou buscas, devidamente autorizadas, na residência de Gilberto José da Silva Júnior, de 25 anos quando encontrou 41,900 de maconha.

Após o flagrante, o proprietário do domicílio foi encaminhado, à Central de Flagrantes I e autuado, por tráfico de drogas.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Devido a embriaguez, motoristas são conduzidos à delegacia e autuados em flagrante

84ee468d e8f4 4c3d 93ed 8b47eff2962a

Durante Operação da Lei Seca iniciada na noite de ontem e finalizada na madrugada desta sábado, dia 21, agentes do BPTran em parceria com a equipe de inteligência do Detran efetuaram três prisões de motoristas por embriaguez.

A Operação aconteceu na Rua 2 de dezembro, especificamente na Praça da Dom Pedro II, no Centro de Maceió. Segundo o BPTRan dois veículos foram removidos ao pátio do Detran e 19 condutores se recusaram a fazer o teste de alcoolemia.

Segundo o BPTRan os 25 condutores autuados  foram retirados de circulação por estarem conduzindo veículos automotores sob a influência de álcool e três conduzidos à delegacia e autuados em flagrante for conduzir veículo automotor com a capacidade psicomotora alterada em razão das influência de álcool.

Também foram realizados 244 testes de alcoolemia realizados e 225 veículos foram abordados e seus condutores revistados. Devido a diversas irregularidades 19 CNHs ficaram recolhidas além do registro de 62 Autos de Infração e houve o flagrante de dez motoristas inabilitados.

*Com informações do BPTran

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Corpo de homem é encontrado por populares na zona rural de Arapiraca

Foto: Reprodução/ Arquivo Ec917094 92ca 4e68 838e 3d4a369c8227 Veículo do IML

O corpo de um homem foi encontrado por populares na tarde desta sexta-feira, 20, no Sítio Terra Fria, próximo ao Povoado Bananeiras, na zona rural da cidade de Arapiraca, no Agreste alagoano.

Segundo informações de testemunhas, o cadáver é de um homem de aproximadamente 30 anos, que foi identificado apenas como “Wilson”, trajava apenas uma cueca e estava sem um pedaço de uma das mãos. Uma calça suja de sangue foi encontrada próximo ao corpo.

Ainda segundo testemunhas, “Wilson” se envolveu em uma discussão com um caseiro de um médico, voltou para tomar satisfações e desapareceu. O homem, que discutiu com a vítima, teria fugido com a família desde o desaparecimento de “Wilson”.

O Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local e removeram o corpo para perícia.

 O crime será investigado pela Polícia Civil.

*Com Já é Notícia



 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Polícia prende dupla por porte ilegal de arma em Arapiraca

Foto: Cortesia 95a472a0 8d29 4edf a0dc 2d13cbcd9db1

Dois homens - identificados como Wanderson Ramos Barbosa e Manoel Correia Lopes - foram presos por porte ilegal de arma na tarde desta sexta-feira (20), na cidade de Arapiraca, no Agreste de Alagoas.

De acordo com o 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a dupla estava transitando em um carro na rua Nossa Senhora do Ó, no bairro Brasília, quando uma guarnição abordou os dois e o revistaram.

Durante a abordagem foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. Durante consulta da placa do veículo, não foi constatada nenhuma irregularidade.

Wanderson e Manoel foram conduzidos para a Central de Polícia para a realização dos procedimentos necessários.

*Estagiário

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Polícia procura por sargento da PM que desapareceu em Maceió

Foto: Cortesia 2d8cdd7b 688d 4b4c bc90 6c586d7b5fc5 Sargento Célio Cícero Valdemar

O comandante do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Passo de Camaragibe, sargento Célio Cícero Valdemar, de 50 anos, está desaparecido desde esta quinta-feira (19). Segundo familiares, o militar veio fazer compras em um supermercado atacadista na parte alta de Maceió e, até o momento, não deu notícias.

De acordo com o genro de Cícero, Amós Felipe, o militar chegou a Maceió por volta das 14 horas e deveria ter voltado às 16 horas por causa de um compromisso em sua padaria.

"Ele costuma fazer essa viagem com regularidade e estamos preocupados" disse o genro do militar.

Amós disse ainda que colegas militares fizeram uma busca no percurso entre Maceió e Passo do Camaragibe na tentativa de encontrar Célio, mas até o momento, não há nenhuma pista do sargento. De acordo com ele, a Polícia Civil está realizando buscas

Célio estava dirigindo um veículo Volkswagen Gol G5, de cor preta e placa NLW-2572 e estava vestindo uma camisa social da cor vinho com listras verticais.

A família do militar pede a população que qualquer informação sobre o paradeiro de Célio, seja passada à polícia ou pelos contatos: (82) 99161-0507 e (82) 99980-9189.

*Estagiário

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PM reforça policiamento para o jogo entre CSA e Fortaleza

Thiago Davino - CadaMinuto 140867114859 Estádio Rei Pelé

O Comando de Policiamento da Capital (CPC) informou nesta sexta-feira (20), serão destinados 350 policiais militares exclusivamente para fazer a segurança dos 17 mil torcedores previstos para o jogo entre CSA e Fortaleza que será realizado amanhã (21), às 19h00, no Estádio Rei Pelé.

De acordo com informações da Polícia Militar, a apresentação do policiamento foi divulgada durante reunião no auditório da Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Melo, noTrapiche da Barra. A reunião contou com as presenças de representantes da torcida e direção do CSA, federação alagoana, imprensa e membros do Juizado da Infância e Juventude; além dos oficiais que estarão comandando a segurança da partida. 

Ainda segundo a PM, o comandante do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), tenente-coronel Marlon Araújo, será o responsável por guiar os militares para fazer a segurança dos torcedores.

“Estamos totalmente preparados para oferecermos segurança não só aos torcedores do CSA, mas também, aos adeptos do Fortaleza. Já sediamos eventos como eliminatórias para a Copa do Mundo e final da Copa dos Campeões, todos grandiosos como o desta final e ocorreram na mais absoluta paz”, afirmou Davi Monteiro. 

O efetivo policial se apresentará às 14h00, mesmo horário em que será feito o bloqueio do trânsito por parte das equipes do BPTran e SMTT. Os portões abrirão às 15h30, caso seja detectada superlotação do estádio, os mesmos serão fechados. Ao final da partida, a torcida do clube vice-campeão deixará o estádio primeiro. 

Viaturas do Força Tarefa, como também, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), do BPRp, em conjunto com o serviço ordinário, estarão realizando a Operação Jogo Limpo, efetuando abordagens a ônibus e veículos particulares em toda Capital.

Por determinação judicial, menor de 18 anos só poderá entrar no estádio acompanhado de um responsável e portando documento oficial com foto. Cambistas que forem flagrados vendendo ingressos serão presos em flagrante. O videomonitoramento com 60 câmeras e o juizado estará funcionando dentro do Rei Pelé. Também serão disponibilizados policiais militares a paisana, com o intuito de coibir a prática de delitos. 

A PM orienta os torcedores para que cheguem cedo, pois haverá uma revista completa em todos os que forem adentrar a praça esportiva. Não será permitida a entrada de materiais como guarda-chuvas; armas de fogo e branca; capacetes; isqueiros e sinalizadores. Por outro lado, será admitida a entrada de cachecóis. Vale ressaltar, que dentro do estádio não haverá venda de bebida alcoólica.

A Rua Coronel José Francisco Vieira estará fechada para o trânsito, com o objetivo de facilitar a chegada e acesso ao estádio dos cerca de 500 torcedores do Fortaleza, que utilizarão, exclusivamente, o portão situado atrás da arquibancada onde fica o placar eletrônico.

Independente do resultado, a Polícia Militar estará atenta para exercer a segurança de toda população após o termino da partida. Em casos de comemorações com grande aglomeração de pessoas, as guarnições de área, somadas as de Forças Tarefa, estarão fiscalizando e realizando a segurança dos envolvidos.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Polícia apreende 27 quilos de maconha enterrados em terreno

Assessoria 4bc5c973 dfac 455a b103 22b6b47c127b

Vinte e sete quilos de maconha que estavam enterrados em um terreno baldio localizado no Village Campestre foram apreendidos nesta sexta-feira, 20 por equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e do Batalhão de Guardas (BPGD).

As equipes de Inteligência dos batalhões chegaram ao local após uma denúncia anônima. É o mesmo lugar onde equipes do BPTran apreenderam 50 quilos de maconha na noite de quarta-feira (18).

Um dos suspeitos conseguiu fugir e um menor de 17 anos foi apreendido no local. Ele e o material foram encaminhados para a Central de Flagrantes I, no Farol.

*Com Ascom/PM

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PC prende mãe acusada de segurar filha durante estupro

Arquivo 840ec254 a1b2 4163 ac7a 148fe3050358 Município de Campo Alegre

Uma mãe acusada de segurar a filha de 10 anos enquanto ela era estuprada pelo padrasto foi presa novamente, nessa quarta-feira (18), na cidade de Campo Alegre. Maria José havia sido liberada, ao final do prazo de prisão temporária, mas a pedido do delegado, a Justiça resolveu decretar, agora, a prisão preventiva.

As investigações do caso tiveram início, após um médico suspeitar que a criança vinha sofrendo abuso sexual. A mãe da menina chegou a levar a filha ao hospital da cidade, com o profissional levantando a suspeita.

O Conselho Tutelar foi então acionado. O médico, uma enfermeira, uma psicóloga e uma assistente social ficaram com a responsabilidade de ouvir a criança, que confirmou a prática criminosa. Com base no depoimento dos quatro, a polícia saiu em diligência e prendeu os acusados – o padrasto e um irmão da vítima.

O padrasto foi identificado como Josenildo Pacheco dos Santos, 58 anos. Já o irmão é Clebson Benedito dos Santos, 22 anos, enquanto a mãe Maria José foi acusada de ser conivente com os abusos.

Além de não denunciar o caso, ela ajudava o filho e o marido a abusar da criança, que, ao tentar gritar, tinha a boca tampada com um pano pela mãe, a fim de que os vizinhos não tomassem conhecimento das agressões.

Segundo o delegado, o inquérito já foi e enviado ao Ministério Público (MP) com laudos psicológicos da criança, exames de conjunção carnal que comprovam a materialidade do crime e laudo dos médicos que a atenderam no hospital da cidade, além de depoimento da criança que foi coerente e convincente, e tomado na presença de psicólogos da casa de passagem onde ela recebe apoio atualmente.

Os autores materiais – padrasto e irmão da criança – continuam presos preventivamente.

Leia Mais: Padrasto e mãe de garota estuprada já tinham sido presos pelo mesmo crime, diz delegado

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Líder de organização criminosa comandava o tráfico de dentro do presídio, diz polícia

Foto: Cortesia 353e1739 512a 48f8 a925 569db54d9916 Material apreendido

Uma coletiva de imprensa foi realizada na manhã desta sexta-feira (20) para divulgar detalhes da operação quarteto que foi deflagrada nessa quinta-feira (19) e desarticulou duas organizações criminosas envolvidas com o tráfico de drogas. Segundo a polícia, o líder de uma das quadrilhas é reeducando do Sistema Prisional e o líder da segunda organização criminosa morreu durante uma troca de tiros com a polícia. Ao todo, a polícia apreendeu mais de 600kg de maconha.

De acordo com o delegado de Repressão ao Narcotráfico (DRN), Gustavo Henrique, uma das organizações criminosas atuava no Vale do Reginaldo e no conjunto Caetés no bairro do Benedito Bentes. Ainda conforme o delegado, o líder - que é reeducando do Sistema Prisional – foi identificado como Bruno Carlos Santana da Silva, vulgo “Alisson”, de 27 anos.

Já o gerente e braço direito de Bruno foi identificado como Ary Clifton Monteiro Nascimento, vulgo “Dexter”, de 23 anos.

Segundo a polícia, essa organização criminosa tinha ramificação no estado do Paraná e o fornecedor das drogas por ela movimentadas em Alagoas era Willian Fernandez Diniz, vulgo “Noturno”, que está preso no Paraná desde 2003 por diversos crimes.

Segunda organização criminosa

A segunda quadrilha que foi desbaratada atuava na cidade de Penedo, em Alagoas e em Sergipe. O líder da quadrilha foi identificado como Flávio Nunes Costa, vulgo “Pit Bul” que era monitorado por tornozeleira eletrônica e residia em Sergipe.

A polícia informou que Flávio distribuía drogas e encaminhava para Penedo, onde tinha gerente e braço direito, Leandro da Silva, vulgo “Neno”. Durante a ação, Flávio reagiu à abordagem policial e morreu.

A organização criminosa tinha ramificação no estado de São Paulo e o fornecedor foi identificado como Fernando Cardoso Torres, vulgo “Fred”. Fernando se encontra preso na cidade de Val Paraíso, em São Paulo. Ele tem passagem por diversos crimes.

Presos

Além de Bruno Carlos, Ary Clifton e Leandro da Silva, outros membros das organizações criminosas foram presos. Willian Fernandez Diniz, de 42 anos; José Augusto da Silva, 22 anos; José Nathanael dos Santos, 22 anos; Josivaldo Domingos dos Santos, 27; Bruno da Silva, 21; Marciel Barbosa dos Santos, 22; Ivan Moraes da Silva, 48; Wellington dos Santos Silva, 33 anos; Rodrigo Paulino dos Santos, 33; Dênis Martins da Silva, 28; Felipe Marques do Nascimento, 25; Fernando Cardoso Torres, 39; Leandro da Silva, 19 e Diego Santos Temoteo, 25.

Materiais apreendidos

Na operação em Alagoas e Sergipe, a polícia apreendeu mais de 55kg de maconha, 700 gramas de crack e sete armas de fogo.

Ao longo da investigação, que durou três meses, foram apreendidos 612 kg de maconha.

Operação quarteto

A operação teve aproximadamente três meses de investigação da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN/AL) em parceria com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Ao todo, foram 23 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

*Estagiário

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Motorista morre após colidir carro contra árvore na BR-101

Foto: Reprodução 13710611118402 Cidade de Joaquim Gomes

Um motorista morreu, na manhã desta sexta-feira (20), após colidir o carro que estava contra uma árvore, na zona rural de Joaquim Gomes, na BR-101.

Segundo as primeiras informações, o condutor – que não teve o nome divulgado – ficou preso às ferragens do veículo e o Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar o homem das ferragens. Apesar de todo esforço dos militares, o homem já estava em óbito.

Segundo informações dos Bombeiros, a colisão ocorreu após o veículo sair da pista. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve na região para controlar o trânsito.

*com Já é notícia

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com