Ex-prefeito vai à Justiça pedir para desabrigar mais de 30 famílias em Tanque d’Arca

TSE 1344047042josarubem tanquedarca Ex-prefeito de Tanque d'Arca, José Rubem (PSDB)

Moradores do pequeno município de Tanque d’Arca - no agreste alagoano - ficaram indignados hoje (03) com a ação do ex-prefeito e atual candidato a vice-prefeito, José Rubem Fonseca de Lima (PSDB), que foi à Justiça pedir para desabrigar mais de 30 famílias que residem na COHAB III – Santo Antônio.

A oficial de Justiça foi até o município e acionou a polícia para fazer o despejo das famílias, no entanto, o comandante do batalhão informou que só poderia executar a ação mediante a apresentação do pedido por meio oficial.

Esta não é a primeira vez que José Rubem aciona a Justiça para desabrigar as famílias. Segundo informou a assessoria do atual prefeito do município, Roney Valença (PMDB), o gestor tem atuado dentro do que determina as leis e com embasamento jurídico. Contudo, em meio ao conflito, Valença tem combatido as investidas do ex-prefeito contra a população tanquedarquense.

O Caso

Em 2010, a Prefeitura de Tanque d’Arca desapropriou o terreno de 20 tarefas. As terras pertenciam à mãe do ex-prefeito que já faleceu. Porém, a Prefeitura já fez o pagamento do terreno desapropriado.

Há 30 dias as famílias beneficiadas com as casas se uniram e invadiram as residências que ainda estão inacabadas. Por conta própria, cada morador, com muito esforço, tem feito ajustes para tornar o espaço um local habitável.

As 30 casas fazem parte do convênio firmado entre município e Estado. Em virtude das constantes intervenções judiciais o Executivo não conseguiu finalizar as obras que seriam entregues à população.

Ex-prefeitos candidatos

José Rubem é candidato a vice-prefeito na chapa com o filho e também ex-prefeito, Manuel Valente (PP). Pai e filho fazem dobradinha na coligação “Em Defesa de Tanque d’Arca” formada pelos partidos: PP, PTB, PPS, PRP, PSDB e PSD.

Na eleição de 2000, José Rubem foi eleito prefeito do município. Já em 2004 foi à vez de Manuel Valente assumir a Prefeitura de Tanque d’Arca. Na eleição de 2012, os dois se uniram para derrotar o atual chefe do Executivo tanquedarquense.

O slogan da dupla é “Em Defesa de Tanque d’Arca”! Será? 

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Március Beltrão E Ronaldo Lopes inauguram comitê oficial de campanha nesta quinta-feira

Aquiacontece 1340384797ronaldo lopes e marcio beltrao Ronaldo Lopes (E) e o ex-prefeito Marcius Beltrão unem PMDB, PDT e mais sete partidos na disputa em Penedo

Os candidatos à Prefeitura de Penedo, Március Beltrão (PDT) e Ronaldo Lopes (PMDB), respectivamente, prefeito e vice-prefeito, inauguram nesta quinta-feira (02), às 19hrs, o comitê da coligação “A Vontade do Povo”.

As comemorações iniciarão com um culto ecumênico presididos pelo monsenhor Aldo de Melo Brandão e pelo pastor da igreja Assembleia de Deus, Carlos Gomes. Após a cerimônia religiosa, haverá uma rodada de saudações com os militantes e candidatos a vereador da coligação “A Vontade do Povo” e, em seguida, uma confraternização com todos os presentes.

Beltrão e Lopes fazem dobradinha na disputa pelo Executivo penendense contra o atual prefeito Israel Saldanha (DEM). A coligação de Beltrão é formada pelos partidos PDT, PMDB, PT, PC do B, PTB, PSB, PV, PRB, PRTB, PRP, PHS e PTC.

Március Beltrão foi prefeito de Penedo entre 2005 e 2008. A inauguração do comitê e lançamento oficial da campanha acontecerá na Praça São Judas Tadeu, Largo de Fátima.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Juiz eleitoral em Palmeira dos Índios impugna candidatura de Petrúcio Barbosa

TRE 1343770513petrucio Petrúcio Barbosa

Petrúcio Barbosa, do PTB, teve sua candidatura impugnada na tarde desta terça-feira (31) pelo juiz da 10ª Zona Eleitoral - em Palmeira dos Índios - Sandro Augusto Nunes. Barbosa, que estava aguardando pelo deferimento de sua candidatura, deverá recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ex-prefeito de Igaci teve sua candidatura impugnada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) baseado na chamada Lei da Ficha Limpa. Em 2008, ele foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) devido a não prestação de contas ( quando foi prefeito de Igaci) de recursos no valor de R$ 21.750,00 - o que levou sua condenação no TCU.

Barbosa registrou sua candidatura - em cartório eleitoral - no dia 05 de julho. Logo em seguida, o presidente do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Fernando CPI, havia entrado com uma ação no MPE pedindo à impugnação de Petrúcio Barbosa.

O quadro eleitoral em Palmeira continua cheio de surpresas. Por enquanto, com essa nova mudança, permanece na disputa pela Prefeitura de Palmeira dos Índios: James Ribeiro (PSDB), Patrícia Sampaio (PT) e Alcineide Nascimento (PR). Será? 

Já a Lei da “Ficha Limpa” está clara: impede a candidatura de quem foi condenado pelo colegiado do TCU.

 

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Em Paripueira, Abrahão Moura deve garantir sua reeleição à Prefeitura

TSE 1343661072abrahaoparipueira Abrahão Moura

O atual prefeito de Paripueira, Abrahão Moura (PP), candidato à reeleição, tem se saído bem na disputa pela Prefeitura de Paripueira - município do litoral norte de Alagoas. Na oposição, polarizando o pleito, o suplente de vereador - Zé Filho (PT) - é o candidato a prefeito. 

Abrahão, que também foi presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), deve garantir mais quatro anos no comando do Executivo Municipal. Segundo pesquisas internas, Moura está com uma aceitação superior ao que estava sendo esperado pelos correligionários.

Mesmo com a polarização da campanha – entre Zé filho e Abrahão – o clima político no município é tranquilo e favorável ao ex-presidente da AMA. O atual prefeito assumiu o mandato em 2009, após a gestão complicada do ex-prefeito Henrique Manso, e arrumou o município durante os quase quatro anos à frente do Executivo. 

Como vice-prefeito, Abrahão escolheu o vereador Haroldo Nascimento (PSC) para compor sua chapa majoritária. Moura e Nascimento formam a coligação “Paripueira Não Pode Parar” com os partidos PRB, PP, PMDB, PSL, PSC, PR, DEM, PRTB, PHS, PV, PRP, PSDB e PSD.

Zé Filho tem como vice George Magno Bezerra Peixoto - o Professor George (PTC) – na coligação “Paripueira Quer mais” com PTC, PT, PSB, PPL. A disputa eleitoral de 2012 na cidade é considerada uma das mais tranquilas se comparada com os últimos pleitos.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

São Luís do Quitunde terá mais uma eleição acirrada na briga pelo Executivo

TSE 1343419762saoluismontagem Candidatos que disputam à Prefeitura de São Luís do Quitunde

Quatro candidatos a prefeito entram na briga pela Prefeitura de São Luís do Quitunde no pleito deste ano. A disputa política na cidade – nas duas últimas eleições - foi acirrada entre dois grupos políticos (Cavalcante e Cordeiro) que queriam comandar o município.

Na eleição deste ano, a ex-deputada estadual Fátima Cordeiro (PP); o vereador e ex-prefeito (Interino), Júnior Pedro (PR); o atual vice-prefeito, Eraldo Pedro (PMDB); e o servidor público municipal, Aurivaldo Rodrigues dos Santos (O Wado – PSL), desejam sentar na cadeira que hoje é do atual prefeito Cícero Cavalcante (PMDB).

A oposição ferrenha começa com Fátima Cordeiro que concorre ao cargo no lugar do filho, o ex-prefeito Jean Cordeiro (PP), afastado em 2010 após de ser cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por crime eleitoral (compra de voto), numa ação movida pelo segundo colocado no pleito de 2008, Cícero Cavalcante, que acusou o adversário por compra de votos. Fátima Cordeiro também é esposa do ex-prefeito João Cordeiro (hoje candidato a prefeito na Barra de Santo Antônio).

Outro forte opositor é o atual vereador Júnior Pedro, conhecido como o prefeito-tampão (na condição de presidente da Câmara de Vereadores) entre outubro de 2010 e maio de 2011, na vaga do então prefeito Jean Cordeiro. Nos sete meses que passou à frente do Executivo quitundense e, após Cícero Cavalcante reassumir o comando da Prefeitura, o parlamentar foi alvo de várias denúncias no Ministério Público Estadual (MPE) por desvio da merenda escolar.

Apoiado pelo atual prefeito, Eraldo Pedro, também atual vice-prefeito, é o candidato da situação na busca pela cadeira de Cavalcante (Do Norte). Há, entretanto, quem diga que o vice-prefeito é apenas um ‘laranja’. Segundo pessoas ligadas ao grupo de Cícero Cavalcante, Eraldo vai ser eleito para continuar o trabalho idealizado nas duas gestões do prefeito considerado o “trator do norte”. Será?

O quarto nome que disputa à Prefeitura de São Luís do Quitunde é do funcionário público e vereador Waldo (PSL).

Candidatos

Disputam o cargo de prefeito os seguintes postulantes:

- Fátima Cordeiro (PP) e Galego do Pedro Jorge (PTN) na coligação “São Luís Volta a Crescer” com PP, PTB e PTN;

- Júnior Pedro (PR) e George Nascimento (PSDB) na coligação “A Verdadeira Mudança Começa Agora” com PSC , PR, PPS, PSDC, PRTB, PRP, PSDB, PPL e PSD.

- Eraldo Pedro (PMDB) e Jilson Lima (DEM) na coligação “União e Força” com PRB, PDT, PMDB, DEM, PRTB, PHS, PV, PC do B e PTdoB.

- Waldo (PSL) e Olival Silva dos Santos (Olival do PT) na coligação “Um São Luís Para Todos” com PT, PSL e PSB.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Candidatos no interior de Alagoas ainda não entraram no clima de campanha eleitoral

Internet 1340140315partidospoliticos Ilustração - Partidos Políticos

Em vários municípios alagoanos o clima de disputa eleitoral ainda não chegou as ruas das cidades. O blog tem recebido informações de que a agitação da eleição 2012 continua “fria” em Alagoas.

O que tem sido visto – por enquanto - são veículos adesivados, muros sendo pintados e os carros de sons tocando os jingles dos candidatos. A reclamação, porém, vem por conta da ausência de comícios, caminhadas e os discursos que ainda não chegaram as portas das residências.

Perguntado a alguns coordenadores de campanhas pela ‘frieza’ - nas ruas e praças - muitos respondem categoricamente: “O clima ainda está calmo por conta que alguns candidatos não conseguiram verba para gastar em suas campanhas. A dinheirama e o ‘auê’ da eleição ficará – no primeiro tempo -para os quarenta e cinco dias e – segundo tempo – nos quinze dias antes das eleições”, revelou um coordenador.

Outro fator importante que faz com que os candidatos deem uma freada nos gastos é o caso de ‘prefeitáveis’ aguardando julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo deferimento das candidaturas. O site do TSE mostra várias candidaturas apresentando o pedido de impugnação.

De acordo com a Res. TSE 23.373 art. 40, o pedido de registro pode ser impugnado por candidato, partido, coligação ou pelo Ministério Público. Já no site do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), até o momento, foram efetuados os registros de candidaturas de 302 prefeitos, 302 vices-prefeitos e 7007 vereadores.

Mas, afinal, quando iniciam as eleições nos municípios alagoanos? A tensão eleitoral é por medo de gastar dinheiro ou ficar inapto para concorrer ao pleito de 2012?

Será?

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

TSE mantém impugnações de George Clemente e Nivaldo Jatobá

Divulgação 1343167754salustiano28 Salustiano (PRTB)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mantém - até o momento - apresentações de impugnação contra os candidatos George Clemente (PSB) e Nivaldo Jatobá (PMDB), em São Miguel dos Campos. O TSE aceitou somente o pedido do registro de candidatura do advogado tributarista, Salustiano (PRTB), que concorre ao cargo de prefeito pela segunda vez no município.

Como foi divulgado aqui no Blog -  (TSE pode impugnar candidaturas de George Clemente e Nivaldo Jatobá) - as apresentações de impugnação contra o atual prefeito e o ex-prefeito foram publicadas no portal do TSE - no dia 14 de julho - e devem seguir até o final da campanha eleitoral. Ambos - Clemente e Jatobá - enfrentam processos de irregularidades que podem comprometer suas candidaturas.

George Clemente sofre um processo de investigação da Operação Taturana desde 2008, quando foi indiciado pela Polícia Federal. Nivaldo Jatobá pode ter sua candidatura anulada por causa da sua relação conjugal com a ex-prefeita de São Miguel dos Campos, Rosiane Santos (PMDB), o que configura – para o TSE - perpetuação de poder do mesmo grupo familiar por quase quinze anos.

Entretanto, o candidato Salustiano teve sentença deferida pelo juiz da 18ª Zona Eleitoral, Dr. Hélio Pinheiro Pinto, no dia 17 de julho, e decorreu dentro do prazo legal e sem impugnação -atendendo a todas as condições legais para o registro pleiteado.

São Miguel dos Campos conta hoje com 32.648 eleitores aptos a votar no próximo dia 7 de outubro. 
 

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Mar Vermelho repete em 2012 disputas de eleições anteriores entre prefeita e ex-prefeita

TSE 1343041809julianaequitariamarvermelho Quitéria Berto (PP) e Juliana Almeida (PMDB)

A briga pela Prefeitura de Mar Vermelho repete a mesma disputa ocorrida na eleição de 2004 e 2008. A atual prefeita - Quitéria Berto (PP) – vai para reeleição contra a ex-prefeita do município, Juliana Almeida (PMDB).

Em 2008, as duas se enfrentaram nas urnas e Quitéria Berto saiu vitoriosa. À época, Juliana Almeida estava no comando da Prefeitura e perdeu a disputa para Berto. 2004 a vitória nas urnas foi de Almeida contra Berto. Na eleição deste ano, mais uma vez, o embate político fica polarizado entre prefeita e ex-prefeita.

Já o ex-prefeito da cidade e tio de Juliana Almeida, Hermann Almeida (PSDB) – o “Herminho” -, desistiu de concorrer ao Executivo, fez as pazes com a sobrinha e indicou o filho - André Almeida (PSD) - como vice de Almeida. Herminho e Juliana estavam ‘brigados’ politicamente desde a eleição de 2008, quando o ex-prefeito decidiu apoiar Quitéria Berto.

Em 2012, o apoio de Herminho volta a ser de Juliana Almeida. Para eleição de outubro, Quitéria Berto escolheu como seu vice-prefeito o atual vereador por Mar Vermelho, Cláudio da Barra (PR). Berto e Cláudio fazem parte da coligação “Mar Vermelho Crescendo com Democracia” com o PP, PT, PSL, PR e PV.

Juliana Almeida e André Almeida estão na coligação “Unidos Por Mar Vermelho” juntos aos partidos PMDB, PRP, PSD e PCdoB.

Eleições

Em 2004, Juliana foi eleita prefeita (apoiada pelo Tio “Herminho”) com uma diferença de 121 votos contra Quitéria. Já em 2008, Quitéria venceu (apoiada pelo ex-aliado “Herminho”) com 199 votos contra Juliana. Portanto, ex-prefeito, ex-prefeita e atual prefeita já foram aliados políticos e estiveram no mesmo palanque.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Foto de Sânia Tereza é estampada em material de campanha em Anadia

Divulgação 13428070864269202661332434871761769

O filho da ex-prefeita Sânia Tereza, Raymi Palmeira Barros, candidato a vereador pelo Partido Social Democrático (PSD), em Anadia, estampou em todo seu material de campanha uma fotografia da mãe.

Com o slogan “Juntos Somos Fortes” – onde fixou a foto de Sânia Tereza  - o candidato quer a partir de 2013 uma das onze cadeiras da Câmara de Vereadores do município. Sânia, antes de ser prefeita, foi eleita vereadora em 2000. “Juntos Somos Fortes” é a mesma frase usada por ela nas campanhas eleitorais em que concorreu a cargos eletivos.

Raymi, como já havia sido divulgado aqui no blog, quer ser eleito para continuar com o projeto político iniciado por Sânia - desde a eleição de 2000 – quando ocupava uma vaga no legislativo municipal. No entanto, o primogênito de Sânia Tereza assegura o discurso de que sua mãe está sendo vítima de um jogo político duríssimo.

Ele - Raymi Palmeira Barros - faz parte da coligação “Por Uma Anadia de Paz Com Desenvolvimento” que tem os partidos: PT, PMDB e PSD. O candidato a prefeito da chapa é o empresário Gabriel Jatobá (PMDB) - irmão do prefeito de Roteiro, Fábio Jatobá (PSDB).

Tentando reconquistar o espaço político da família, vago após a prisão de sua mãe (ainda detida no presídio Santa Luzia, em Maceió), o filho da ex-prefeita – segundo pesquisas internas – tem grandes chances de vitória no pleito de outubro.

Mas um munícipe que conhece toda história política da cidade respondeu com contundência: “Há ainda os votos de eleitores que não engoliram o que fizeram com ela – Sânia Tereza – e votarão no Raymi como forma de repudiar a injustiça praticada por esses que se dizem representante do povo de Anadia”, comentou o morador.

Será???

Então, até outubro!

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Atual prefeita e ex-prefeito se enfrentam pela terceira vez

TSE 1342616230chapretaritaaudalio Audálio Holanda e Rita Tenório se enfrentam mais uma vez

O ex-prefeito de Chã Preta, Audálio Holanda (PSDB), quer retornar ao cargo que foi seu por dois mandatos (2001-2004 e 2005-2008). No comando do município – hoje – estar a atual prefeita, Rita Tenório (PMN), esposa do ex-deputado federal Francisco Tenório (PMN).

Holanda disputou com Rita duas eleições consecutivas. Em 2000 e 2004, mesmo com uma pequena diferença de votos, o ex-prefeito derrotou a atual chefe do Executivo chã-pretense. Já no pleito de 2008, Rita Tenório venceu a eleição quando disputou contra o candidato (José Klinger Soares - PSB) indicado por Audálio.

Como vice-prefeito, ele – Holanda - escolheu o pecuarista Maurício Holanda (PMDB). Formam a coligação “Trabalho, paz e Liberdade” os partidos: PP, PDT, PMDB, DEM, PSB e o PSDB. Na coligação de Rita Tenório – “Chã Preta no Caminho Certo” continua como vice-prefeito Marcos Vasconcelos (PTB). A chapa é formada ainda pelo PT, PV, PSD e PMN/PTB.

O terceiro nome que disputa à Prefeitura de Chã Preta é do agricultor André Richard Becher, conhecido como André do Trator, do PSOL. O vice é o servidor público Marcelo Marajá (PSOL) - em chapa “puro sangue.”

O duelo da oposição é tentar derrubar o grupo do ex-deputado federal Chico Tenório que comanda o município desde 2009. A prefeita Rita Tenório conclui seu mandato no final deste ano.

Siga-me no Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com