Com terceiro nome na disputa, Palmeira poderá ter surpresa nesta eleição

Montagem - Internet 1341362152semtatulo1 Patrícia Sampaio (PT) e Alcineide Nascimento (PR) podem surpreender nesta eleição em Palmeira dos Índios

Se as atas das convenções realizadas no último final de semana forem confirmadas, Palmeira dos Índios terá três candidatos à Prefeitura do município. O atual prefeito James Ribeiro (PSDB), a deputada estadual Patrícia Sampaio (PT) e Alcineide Nascimento (PR) são os nomes colocados na disputa.

Ribeiro vai à reeleição enfrentando um grande desgaste administrativo ocorrido durante sua gestão à frente do Executivo palmeirense. Sampaio, tida como novidade na eleição deste ano, busca a simpatia e confiança dos eleitores para tentar derrotar o atual gestor.

Nascimento, colocada de última hora no pleito, também poderá ser a surpresa de outubro. Porém, há conversas de bastidores que sua candidatura não passa de uma jogada política para desestabilizar a candidatura petista. Será?

Segundo especialistas políticos, se polarizar a disputa, o resultado pode ser surpreendente. Patrícia é considerada o novo, a mudança e, entretanto, leva consigo a imagem de uma mulher concorrendo à Prefeitura. Ribeiro, apesar de ter as chaves dos cofres nas mãos, ainda carrega uma vitrine negativa por conta dos problemas enfrentados na sua própria administração.

Alcineide, mais uma mulher concorrendo e, se realmente for candidata à prefeita, vai somar e subtrair os votos. Todavia, pode decolar durante a campanha ou ajudar e atrapalhar os planos dos dois outros pré-candidatos.

Na verdade, não se pode contar vitória antes do tempo. Mas, em Palmeira, outubro é uma incógnita para quem pretende sentar na cadeira de prefeito. Que o eleitor não se iluda com os acordos políticos e a dinheirama que será derramada até o dia 07.

Aguardem: as surpresas desta eleição estão apenas começando!

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Campo Alegre terá quatro candidatos na disputa pela Prefeitura

Blog do Márcio José 1341287488convenaao psdb campo alegre Convenção de Pauline Pereira (PSDB)

Quatro candidatos disputam à Prefeitura de Campo Alegre. De um lado, o vereador Djalma Sampaio (PMN) é o candidato escolhido pelo atual prefeito da cidade, Maurício Tenório (PTB), para sucedê-lo a partir de 2013. Na coligação da situação estão juntos os partidos PMDB, PPS, PSC, PRTB, PT do B, PC do B e o PRB.

Na oposição, Pauline Pereira (PSDB), irmã do deputado estadual Joãozinho Pereira (PSDB), entra na briga pela cadeira do Executivo campo-alegrense. Pauline oficializou chapa com o PSDC, PSDB, PP, PR, PSL, PV, PDT, PTB, PT e PHS. Ela conta ainda com o apoio dos os ex-prefeitos Álvaro Guimarães e Jorge Matias, senador Benedito de Lira (PP), deputado federal Arthur Lira (PP), de Rosiana Beltrão (que era pré-candidata à prefeita da cidade) e de toda família Pereira (leia-se Joãozinho Pereira).

Outros dois nomes da oposição e que disputam o cargo de prefeito são: Genaldo Gama (PSOL) e Edmilson Vieira (PTC).

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Politicamente fortalecido em Jequiá, Marcelo Beltrão vai à reeleição contra ex-prefeita

Divulgação 1341253321convenaao ptb 74 Marcelo Beltrão e Zé Luiz Coutinho

A convenção do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), em Jequiá da Praia, que tem o atual prefeito da cidade, Marcelo Beltrão (PTB), candidato à reeleição, foi marcada pelo grande número de populares, empresários, políticos e cidadãos presentes que apoiam o atual grupo que comanda o município.

Repetindo a dobradinha que vem dando certo desde 2008, continua como vice-prefeito o empresário José Luiz Coutinho (PSC). A chapa ainda conta com o apoio de quinze partidos que marcharão unidos nesta eleição: DEM, PSD, PSDB, PRB, PT, PTdoB, PDT, PSL, PSDC, PV, PR, PP, PPS, além do PTB e PSC.

No entanto, o grupo saiu fortalecido para disputar mais uma vez o Executivo jequiaense. Todos os vereadores do legislativo municipal - os nove parlamentares – creditaram apoio a Beltrão e Coutinho. Além disso, Marcelo e Zé Luiz contam com o apoio do senador Fernando Collor (PTB), senador Benedito de Lira (PP), deputado federal Joaquim Beltrão (PMDB), e deputados estaduais Jota Cavalcante (PDT) e João Beltrão (PRTB).

Na oposição, a ex-prefeita Rosinha Jatobá (PMDB) colocou o nome à disposição para enfrentar Beltrão. A convenção foi realizada no sábado, 30, tendo como vice-prefeito o advogado e enteado dela, Ricardinho SantaRitta (PTN).

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Com quatorze partidos coligados, PTB de Jequiá da Praia realiza convenção nesta sexta-feira

Divulgação 1340982800convenaao ptb 1 Convenção PTB Jequiá da Praia

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), em Jequiá da Praia, realiza hoje (29) a convenção para eleição majoritária no município. Filiado à legenda, Marcelo Beltrão, disputa à reeleição com grandes chances de vitória após entregar obras por toda na cidade.

Repetindo dobradinha de 2008, como vice-prefeito na chapa, o empresário José Luiz Coutinho – do PSC - continua no grupo político que venceu a primeira eleição, quando disputavam – Marcelo e Zé Luiz - à Prefeitura contra a ex-prefeita Rosinha Jatobá (PMDB).

Marcharão juntos quinze partidos: DEM, PSD, PSDB, PRB, PT, PTdoB, PDT, PSL,  PSDC, PV, PR, PP, PPS, além do PTB e PSC. Fortalecidos, Beltrão e Coutinho contam ainda com o apoio dos nove vereadores de mandatos no legislativo municipal, do senador Fernando Collor (PTB), do deputado federal Joaquim Beltrão (PMDB) e do deputado estadual João Beltrão (PRTB).

A convenção está marcada para acontecer das 14hrs às 17hrs, na Escola Municipal Maria Lopes Bertoldo.

Oposição

Por outro lado, na cidade comenta-se que a ex-prefeita Rosinha Jatobá (PMDB) seja candidata pela terceira vez. A convenção do grupo de oposição está marcada para acontecer neste sábado, 30, na Escola José Calazans. Segundo pessoas ligadas a Jatobá, o nome que deverá ser lançado é mesmo o do advogado e enteado de Rosinha, Ricardinho SantaRitta (PTN), em substituição a ex-prefeita.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ex-vereadora, inimiga política de prefeito, vai ser vice na chapa apadrinhada pelo gestor

TRE 1340908061leopoldopedrosamaribondoe Leopoldo Pedrosa e Lúcia Barros juntos na briga pela Prefeitura de Maribondo

A ex-vereadora e primeira suplente, Lúcia Barros (PRB), vai ser a candidata à vice-prefeita na chapa com o então vereador Leopoldo César Amorim Pedrosa (PSC), indicado pelo atual prefeito de Maribondo, José Márcio Tenório – o “Zé Marcio” (PSC), como candidato a prefeito da situação.

De acordo com informações de bastidores, Barros travava uma briga política com Zé Márcio desde a eleição de 2008, quando o prefeito conseguiu deixar a ex-vereadora fora da Câmara de Vereadores e vibrou com a derrota dela nas urnas.

Hoje, após acordos políticos, Lúcia Barros foi indicada pelos aliados como sendo o melhor nome para compor com Pedrosa na briga pela Prefeitura de Maribondo. Mágoas, no entanto, foram deixadas no passado negro.

Escolhido

Leopoldo Pedrosa, que seria o vice na reeleição de Zé Márcio, foi o nome escolhido após o próprio prefeito ter desistido de disputar à reeleição. Como divulgamos aqui no blog, Zé Márcio revelou que não poderia entrar no pleito de outubro por problemas de saúde, porém, pessoas ligadas à administração disseram que era por conta da rejeição que estaria enfrentado.

Leopoldo Pedrosa e Lúcia Barros contam ainda com o apoio do ex-prefeito Roberto Sapucaia, deputado estadual Antônio Albuquerque e de toda estrutura da prefeitura de Maribondo.

Oposição: dois nomes estão no páreo

Na oposição, a cidade de Maribondo deve contar – até o momento – com mais dois candidatos interessados em ocupar a vaga de Zé Márcio, a partir de janeiro de 2013. Um deles é o  o vereador Antônio Ferreira de Barros (PMN), conhecido como “Tonho de Eurico”. Outro nome em busca do cargo de prefeito maribondense é Ademilton Fernandes (PDT). Portanto, os eleitores terão mais dois nomes para decidir quem vai administrar Maribondo nos próximos quatro anos.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Oposição: PT e PCdoB fecham chapa majoritária em Palmeira dos Índios

Cortesia - Palmeira 24 Horas 1340853387vladimir e patricia Vladimir Barros (PCdoB) e Patrícia Sampaio (PT)

Em convenção realizada nesta quarta-feira (27) o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em Palmeira dos Índios, marcharão juntos na eleição majoritária de outubro. Tendo a deputada estadual Patrícia Sampaio (PT) - candidata à prefeita - e Vladimir Barros (PCdoB) - como vice-prefeito – o grupo ficou composto ainda pelos partidos PDT, PSD, PSC, PPS, PSDC, PV e estarão unidos na luta pelo Executivo palmeirense.

O evento que aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palmeira dos Índios contou com as presenças do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), do deputado estadual Ronaldo Medeiros (PT), os ex-deputados Paulão (PT) e Jurandir Bóia (PDT), militantes políticos dos partidos coligados, do Delegado Regional do Trabalho, Heth César, lideranças políticas do Estado e, também, o vereador Gileninho Sampaio (PTB).

A surpresa maior foi à presença da deputada federal Célia Rocha (PTB) que declarou apoio à chapa de oposição ao atual prefeito da cidade, James Ribeiro (PSDB). Célia, mesmo filiada ao PTB, que tem o candidato Petrúcio Barbosa na disputa pela Prefeitura de Palmeira, preferiu ficar no palanque do PT/PCdoB.

A deputada compareceu ao evento a convite do médico Márcio Henrique, candidato a vereador pelo PPS, e que conta com o apoio de Célia Rocha para ocupar uma das quinze vagas na Câmara de Vereadores. Em seu discurso, Rocha – que é candidata à prefeita em Arapiraca - garantiu ainda o apoio do prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa (PMDB), ao grupo de Patrícia Sampaio e Vladimir Barros.

Em suas palavras, Vladimir Barros, escolhido como vice, disse que Palmeira está no atraso há vinte anos.

“Essa eleição é emblemática para mim porque faz vinte anos que meu pai - Ivan Barros - foi candidato a prefeito e já naquela época pedia ao povo para cair na real. O povo não entendeu a mensagem e Palmeira passou privações com o funcionário da prefeitura tendo que mendigar na feira porque a Prefeitura passou 12 meses sem pagar os salários. Hoje palmeira corre o mesmo risco por que esse primeiro mandato – citando a gestão de James Ribeiro - já foi desastroso e teve quinze greves em apenas três anos. E um prefeito que não respeita o funcionário não pode ser gestor de uma cidade. O governo de James foi "testado e reprovado"”, acrescentou Barros.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Deputado vai pedir intervenção do PT à aliança feita em Estrela de Alagoas

Assessoria 1304624147ronaldo medeiros Deputado Ronaldo Medeiros

A aliança feita pelo Partido dos Trabalhadores (PT) de Estrela de Alagoas começa a ter problemas. O deputado estadual Ronaldo Medeiros (PT) vai pedir intervenção do partido por conta do acordo feito no município e algumas cidades alagoanas.

Via rede social facebook, inconformado com a situação do PT estrelense, Ronaldo Medeiros disse que vai entrar com o pedido de intervenção. “Sobre a aliança do PT em Estrela de Alagoas, saiba que vou contestar não só esta, mas em outras cidades. Não vou aceitar que o partido traia sua linha de atuação. Caso o diretório do município não reveja, vou solicitar intervenção,”, respondeu Medeiros.

O pré-candidato em Estrela de Alagoas, Gileno Sampaio (que preside o PT em Estrela de Alagoas), havia desistido de disputar o pleito depois que constatou alguns problemas de saúde. Com isso, no último domingo (24), Sampaio anunciou apoio ao grupo da ex-prefeita da cidade, Ângela Garrote (PP), que tem o filho – Arlindo Garrote (PP) – como candidato a prefeito.

Meses antes, Gileno Sampaio, teria fechado com o grupo de oposição na cidade. Após conversas e acordos com o grupo da situação, o ex-prefeito de Palmeira dos Índios fechou apoio ao grupo de Garrote.

Também no facebook,  Arlindo Garrote anunciou o apoio de Sampaio e, inclusive, de integrantes do partido em Palmeira dos Índios. “Os Partidos PP, PMN, DEM e PTB, acaba de se coligar com PT, partido do nosso amigo Gileno Sampaio. Agradeço também a deputada estadual Patrícia Sampaio e seu esposo -Alexandre, vereador Gileninho Sampaio, minha mãe, Dr. Pedro Paulo e sua esposa - Sheila e Gileno Sampaio por fazerem o crescimento desta coligação”, escreveu Garrote.

A convenção do grupo de Arlindo Garrote está marcada para o dia 28 de junho.

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Mesmo inelegíveis, pré-candidatos realizam convenção em Palmeira

Cortesia - Tribuna do Sertão 1340666604convenaaoptbpalmeira Petrúcio Barbosa e Wellington Bento

O pré-candidato a prefeito, Petrúcio Barbosa (PTB), realizou, na tarde desta segunda-feira (25), a convenção do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) em Palmeira dos Índios.

Mesmo com o nome na lista de inelegíveis - divulgada na semana passada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – o ex-prefeito de Igaci desconsiderou seu impedimento (via Tribunal de Contas da União - TCU) em disputar o cargo de prefeito e vai entrar na briga pelo Executivo palmeirense.

Como vice-prefeito, foi lançado o nome do médico e ex-secretário de Saúde na gestão de James Ribeiro (PSDB), Wellington Bento, também filiado ao PTB do senador Fernando Collor. Bento ainda é primo de James Ribeiro e rompeu após não concordar com o modo administrativo do atual gestor.

Em 2010, na campanha para deputado estadual, Welington Bento teve as contas de campanha rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL), ou seja, também está impedido de registrar a candidatura.

Todavia, na semana passada o secretário do Tribunal de Contas da União (TCU) em Alagoas, Ricardo Fahr Pessoa, reiterou dizendo o seguinte:

“Quem está naquela lista teve as contas julgadas irregulares, são processos transitado em julgado e, portanto, não cabem mais recursos com efeito suspensivo, ou seja, mesmo que recorram não sairão da lista. A lista serve como base para a essas pessoas serem enquadradas na Lei da Ficha Limpa. Quem está na lista é inelegível”, disse Ricardo.

O Grupo

Juntos, marcharão no mesmo grupo – além do PTB - o DEM, o PSL e o PR na eleição proporcional. A chapa terá 26 candidatos à Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios contando com os parlamentares com mandatos: Jaime Farias (DEM), Arnaldo do Detran (DEM) e Maxuel Feitosa (PSL).

Siga-me! @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PSDB e PMDB marcham juntos em Olho d’Água das Flores

Facebook 1340300676rubinhoolhodagua02 Rubens Moura, o Rubinho, PSDB de Olho d'Água das Flores

O acordo foi fechado! Nas eleições de outubro vindouro, em Olho d’Água das Flores, o PSDB (Téo Vilela) e o PMDB (Renan Calheiros) marcharão juntos no município. Rubens Moura (PSDB), candidato indicado pelo atual prefeito - Carlos André dos Anjos (o “NEN”) – para sucedê-lo, retirou à candidatura de prefeito para ser vice-prefeito em chapa única.

Segundo informou Rubens Moura – o Rubinho - ao blog, o grupo político que comanda Olho d’Águas das Flores decidiu optar pela união e apoiar à pré-candidatura da ex-prefeita da cidade, Maria Ester Damasceno Silva (PMDB).

Com essa decisão, Moura a passa a ser o pré-candidato a vice-prefeito na chapa com Damasceno. “Em reunião com lideranças políticas ficou decidido que a melhor opção é união com a ex-prefeita. Nosso grupo estava dividido entre Ester Damasceno e Rubens Moura, portanto, entendi que juntos (Ester e Rubens) será o melhor para Olho d'Água das Flores”, explicou Rubinho.

Além de PMDB e PSDB, a chapa conta com o PR do prefeito “NEN” e mais alguns partidos que deverão apoiar os pré-candidatos. O grupo tem ainda maioria na Câmara de Vereadores e o apoio do Poder Executivo Municipal.

Ex-gestores

Maria Ester Damasceno Silva foi prefeita de Olho d’Água das Flores por dois mandatos consecutivos: 1997-2000 e 2001-2004. Rubens Moura foi secretário Municipal de Saúde de Olho d’Água das Flores de 2005 até desincompatibilização do cargo em março deste ano.

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Prefeito de Coruripe esclarece à imprensa motivos do cancelamento do São João

Jonathas Maresia 1314219251prefeito Prefeito Marx Beltrão

O prefeito de Coruripe, Marx Beltrão (PMDB), e sua equipe, estiveram reunidos no início da noite desta quarta-feira (20) onde enviaram uma nota oficial à imprensa. No documento, a Prefeitura de Coruripe descreve que em virtude da queda de 95% na arrecadação dos royalties da produção de gás natural do campo de Paru, localizado no município, por conta da paralisação das atividades para manutenção e reparo através da intervenção da Petrobras, ficou comprometido os royalties de junho, julho e agosto; e portanto, não obteve informação de quando será normalizada a atividade.

Sendo assim, a administração só tomou conhecimento da referida paralisação, iniciada desde o último mês de março, na noite de terça-feira(19). Ainda de acordo com a nota, outro motivo foi o cancelamento de patrocínio do Ministério do Turismo e a ausência da parceria do Governo de Alagoas, que nos anos anteriores apoiou o evento, mas, devido às despesas com a seca em algumas regiões do Estado, o governo não pôde este ano se comprometer com o São João de Coruripe.

Todavia, a Prefeitura resolveu tomar essa decisão como medida responsável, para que o salário do funcionalismo público municipal fosse respeitado, como também, sejam mantidas todas as atividades das políticas públicas realizadas no município, dar continuidade aos investimentos, além de honrar os compromissos assumidos com todos os fornecedores.


NOTA OFICIAL

A Prefeitura Municipal de Coruripe comunica à população o cancelamento do São João 2012 “Praia e Forró. Aqui é Melhor!”, em virtude da queda de 95% na arrecadação dos royalties da produção de gás natural do campo de Paru, localizado no município, tendo paralisado suas atividades para manutenção e reparo através da intervenção da Petrobras, o que comprometeu os royalties de junho, e também dos meses de julho e agosto, não há informação de quando será normalizada a atividade.

A Prefeitura só tomou conhecimento da referida paralisação, iniciada desde o último mês de março, na noite desta terça-feira (19). Outro motivo foi o cancelamento de patrocínio do Ministério do Turismo e a ausência da parceria do Governo de Alagoas, que nos anos anteriores apoiou o evento, mas devido às despesas com a seca em algumas regiões do Estado, o governo não pôde este ano se comprometer com o São João de Coruripe.

Aos pontos apresentados, a Prefeitura resolveu tomar essa decisão como medida responsável, para que o salário do funcionalismo público municipal fosse respeitado, como também, sejam mantidas todas as atividades das políticas públicas realizadas no município, dar continuidade aos investimentos, além de honrar os compromissos assumidos com todos os fornecedores.

Tal medida entristece essa administração, porém administrar um município exige acima de tudo responsabilidade e respeito aos que dele fazem parte.

Mais informações serão concedidas em entrevista coletiva à imprensa, que darei nesta quinta-feira (21), às 9h, na sala da presidência da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA).


Coruripe, 20 de junho de 2012
Marx Beltrão Lima Siqueira
Prefeito

Twitter: @kleversonlevy
Email: kleversonlevy@gmail.com 

Com  ASCOM  de Coruripe 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com