Para que Celular 4G se o 3G não funciona?!

 

Amigos, hoje vamos tratar da tecnologia 4G, em 06 cidades sedes da Copa das Confederações, a ANATEL (Agencia Nacional de Telecomunicações) autorizou a instalação e estará fiscalizando a qualidade dos serviços.

O que me assusta na tecnologia 4G e me fez refletir sobre o tema, foi o fato da tecnologia 3G não apresentar um serviço de qualidade, pelo contrario estamos longe disso. As reclamações são constantes o que resultou em um inquérito civil capitaneado pelo Ministério Público de Alagoas, junto com o PROCON e a OAB/AL, gerando na suspensão da comercialização de novas linhas em todo o Estado, por praticamente 04 meses.

A nível nacional a própria ANATEL proibiu algumas empresas de comercializar independetemente de qualquer decisão judicial, o que demonstra a péssima qualidade do serviço prestado pelas empresas.

Além disso, ainda sofremos com algumas praticas abusivas das operadoras, como perda de sinal, cobranças indevidas, alteração unilateral do contrato dentre outras, por diversas vezes as empresas reajustam contratos antigos com valores e planos inimagináveis.

Cumpre salientar que as empresas podem reajustar os planos com os índices definidos pela ANATEL, porem não podem forçar o consumidor a aderir a novos planos.

Diante dessa realidade, não acredito que a tecnologia 4G seja uma realidade na Copa das Confederações que ocorre agora no mês de junho de 2013, bem como, não acredito que seja eficiente na Copa do Mundo de 2014, não não sou pessimista, quem me conhece sabe o tanto positivo sou, porém a quantidade de reclamações aliado a conduta das empresas não demonstram conclusões contrárias.

A ANATEL e os órgão de proteção ao consumidor possuem muito trabalho pela frente, isso sim, devem aproveitar esse momento de consumo exagerado que se aproxima para garantir um serviço de melhor qualidade.

Em caso de dúvida ou de alguma reclamação procure a Anatel, o Procon ou um advogado da sua confiança.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é de Nando Reis a pedidos, boa indicação.

Por Onde Andei

Nando Reis

Desculpe,
Estou um pouco atrasado
Mas espero que ainda dê tempo
De dizer que andei
Errado e eu entendo

As suas queixas tão justificáveis
E a falta que eu fiz nessa semana
Coisas que pareceriam óbvias
Até pra uma criança

Por onde andei
Enquanto você me procurava?
Será que eu sei
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava?

Amor eu sinto a sua falta
E a falta, é a morte da esperança
Como um dia que roubaram o seu carro
Deixou uma lembrança

Que a vida é mesmo
Coisa muito frágil
Uma bobagem
Uma irrelevância
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama

Por onde andei
Enquanto você me procurava?
E o que eu te dei?
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me falta?

Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!
Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!

Amor eu sinto a sua falta
E a falta, é a morte da esperança
Como um dia que roubaram o seu carro
Deixou uma lembrança

Que a vida é mesmo
Coisa muito frágil
Uma bobagem
Uma irrelevância
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama

Por onde andei
Enquanto você me procurava?
E o que eu te dei?
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me falta?

Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!
Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!

Por onde andei
Enquanto você me procurava?
E o que eu te dei?
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava?

http://letras.mus.br/nando-reis/101236/

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Produto adquirido no exterior está protegido pelo CDC?!

 

Amigos, hoje vamos tratar de um tema polêmico, porém de grande importância para o mercado de consumo brasileiro. Em decisão proferida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), os produtos adquiridos no exterior, porém de empresas que atuam no mercado nacional devem atender a nossa legislação, ou seja, atender aos prazos e coberturas constantes no nosso CDC.

As empresas alegam que os produtos são produzidos para seguir alguns padrões de acordo com o país que for comercializado, por conta disso existe uma dificuldade em seguir um padrão mundial.

A discussão está longe de ser pacifica, a Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor, ligada ao Ministério da Justiça, apresentou uma proposta junto a OEA (Organização dos Estados Americanos) para a criação de uma conferência sobre o assunto, porém EUA e Canadá não apoiam essa iniciativa.

Cumpre salientar que, o consumidor ao efetuar uma compra, seja no mercado nacional ou internacional, tende a acreditar que estamos diante da mesma marca, com a mesma qualidade e confiança, logo que qualquer problema poderá ser resolvido pela filial que opera no Brasil.

O primeiro caso analisado pelo direito brasileiro ocorreu em 1991,  quando o consumidor adquiriu uma máquina Panasonic no exterior, ao apresentar um defeito ;evou até a assistência técnica que se negou a efetuar o reparo, alegando que a compra foi feita no exterior não sendo da sua responsabilidade por serem empresas diferentes.

A decisão do STJ reformou o entendimento do TJ/SP que negou o pedido do autor afirmando que “a Panasonic brasileira não estava obrigada a garantir a mercadoria produzida e comercializada pela matriz ou filiais no exterior”.

A argumentação do autor, que é advogado e estava atuando em causa própria, merece destaque, vejamos “a empresa fabrica produtos da mesma marca e colabora indiretamente com a venda deles em outros países”.

 No Acórdão do STJ encontramos uma manifestação que merece destaque, vejamos: “se as empresa se beneficiam de marcas mundialmente conhecidas, devem responder também pelas deficiências dos produtos, não sendo razoável destinar ao consumidor as consequências negativas dos negócios envolvidos e defeituosos”.

 

Com esse entendimento encontramos um caminho para as empresas se adequarem a nova realidade, porém não o fizeram e este tema ainda é polêmico, os órgãos estatais tentam padronizar, porém encontram resistência nas grandes marcas e potências econômicas.

Desta forma, se você amigo consumidor adquiriu algum produto no exterior de uma marca mundialmente famosa, caso apresente defeito dentro dos prazos constantes nas normas de consumo do Brasil, caberá a fabricante se responsabilizar pelo reparo da mesma.

 

Em caso de dúvida procure o PROCON ou um advogado da sua confiança.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é um clássico de Alceu Valença, Anunciação.

 

Anunciação

Alceu Valença

Na bruma leve das paixões
Que vêm de dentro
Tu vens chegando
Prá brincar no meu quintal
No teu cavalo
Peito nu, cabelo ao vento
E o sol quarando
Nossas roupas no varal...(2x)

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais
Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais...

A voz do anjo
Sussurrou no meu ouvido
Eu não duvido
Já escuto os teus sinais
Que tu virias
Numa manhã de domingo
Eu te anuncio
Nos sinos das catedrais...

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais
Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais...

Ah! ah! ah! ah! ah! ah!
Ah! ah! ah! ah! ah! ah!...

Na bruma leve das paixões
Que vem de dentro
Tu vens chegando
Prá brincar no meu quintal
No teu cavalo
Peito nu, cabelo ao vento
E o sol quarando
Nossas roupas no varal...

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais
Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais...

A voz do anjo
Sussurrou no meu ouvido
Eu não duvido
Já escuto os teus sinais
Que tu virias
Numa manhã de domingo
Eu te anuncio
Nos sinos das catedrais...

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais
Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais...

Ah! ah! ah! ah! ah! ah!
Ah! ah! ah! ah! ah! ah!
Ah! ah! ah! ah! ah! ah!
Ah! ah! ah! ah! ah! ah!...

http://letras.mus.br/alceu-valenca/44006/

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Marco Civil da Internet, entenda!

Amigos, hoje vamos tratar da Internet, na verdade já escrevemos alguns textos sobre as compras pela rede, porém não será a ótica de hoje. Vamos tratar da Legislação que pretende regulamentar a rede.

O Governo Federal, vem trabalhando fortemente em favor do “Marco Civil da Internet”, a intenção é que seja aprovado ainda este ano. Esta norma servirá de base para a formação de leis que consigam regulamentar os contratos fechados no mundo virtual.

Esse será o primeiro Pilar de um total de três, que irão fortalecer as relações virtuais. Os demais pontos deverão tratar de uma lei que regulamenta os direitos autorais em geral e o será uma norma que trate sobre a privacidade e a proteção dos dados pessoais expostos nas redes.

Atualmente o Projeto de Lei número 2126/2011 apresenta 25 artigos, dividido em cinco capítulos, são eles: Disposições Preliminares (ou Parte Geral); Dos Direitos e Garantias dos Usuários; Da Provisão de Conexão e Aplicações da Internet; Da Atuação do Poder Público; e Disposições Finais.

Nesse contexto foram criados alguns princípios que merecem destaque são eles: Princípio da Neutralidade e Princípio da Reserva Jurisdicional.

O Princípio da Neutralidade da Rede, determina que todas as informações devem navegar na mesma velocidade, ou seja, não podemos ter oscilações na navegação o que garante o livre acesso a qualquer tipo de informação, na medida exata da sua necessidade.

Já o Princípio da Reserva Jurisdicional, trata das questões relativas ao acesso aos dados dos usuários, haja vista que de acordo com o projeto a obtenção de dados referentes aos registros de conexões e de acesso daqueles que acessam a rede, está condicionada a decisão judicial específica e fundamentada, podendo ser uma ação penal ou civil.

Não sou favorável a liberar o acesso as informações para processos cíveis, vez que, na Constituição só temos a previsão para a quebra do sigilo pessoal para as instruções penais, logo não é prudente que se faça no processo civil.

Outro item importante nas redes diz respeito aos Provedores, estes conseguiram incluir no art. 14 do PL, que estão isentos de qualquer responsabilidade nos conteúdos gerados por terceiros. De acordo com os interessados, a falta de meios técnicos e humanos para fiscalizar todos os conteúdos que são publicados. Nesse caso segue a minha opinião que será curta: se não tem como fiscalizar não ofereça, se quer oferecer o faça de forma eficiente, caso falhe arque com as consequências.

Caso tal artigo seja aprovado, entrará em choque, mesmo que de forma indireta com seu xará do CDC, que determina que o fornecedor de produto ou serviço responda independentemente de culpa, ou seja: não importa quem deu causa a empresa deve pagar ao consumidor e depois ir tentar o ressarcimento do funcionário ou de quem quer que seja. 

 A intenção dos provedores é de escapar do Código Consumerista, o que acredito que não terão sucesso, haja vista que, a norma de consumo irá se sobrepor ao Marco Civil.

O Marco Civil da Internet deve ser tratado como está sendo, ou seja, fora do Direito do Consumidor, sabendo que no conflito o CDC prevalece.

Sempre defendemos que a internet merecia a sua regulamentação própria que não é necessariamente no CDC, pelo contrário somos favoráveis a manutenção do nosso código sem qualquer alteração.

Desta forma, vamos aguardar o desfecho e aprovação do Marco Civil da Internet e os novos acontecimentos.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é da banda Biquini Cavadão chamada “Zé Ninguém”.

Zé Ninguém

Biquini Cavadão

Quem foi que disse que amar é sofrer?
Quem foi que disse que Deus é brasileiro,
Que existe ordem e progresso,
Enquanto a zona corre solta no congresso?
Quem foi que disse que a justiça tarda mas não falha?
Que se eu não for um bom menino, Deus vai castigar!

Os dias passam lentos
Aos meses seguem os aumentos

Cada dia eu levo um tiro
Que sai pela culatra
Eu não sou ministro, eu não sou magnata
Eu sou do povo, eu sou um Zé Ninguém
Aqui embaixo, as leis são diferentes
Eu sou do povo, eu sou um Zé Ninguém
Aqui embaixo, as leis são diferentes.

Quem foi que disse que os homens nascem iguais?
Quem foi que disse que dinheiro não traz felicidade?
Se tudo aqui acaba em samba,
no país da corda bamba, querem me derrubar!!
Quem foi que disse que os homens não podem chorar?
Quem foi que disse que a vida começa aos quarenta?
A minha acabou faz tempo, agora entendo por que ....

Cada dia eu levo um tiro
Que sai pela culatra
Eu não sou ministro, eu não sou magnata
Eu sou do povo, eu sou um Zé Ninguém
Aqui embaixo, as leis são diferentes (4X)

Os dias passam lentos
Os dias passam lentos

Cada dia eu levo um tiro
Cada dia eu levo um tiro
Eu não sou ministro, eu não sou magnata
Eu sou do povo, eu sou um Zé Ninguém
Aqui embaixo, as leis são diferentes...

http://letras.mus.br/biquini-cavadao/44611/

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Justiça Suspende a Comercialização da Garantia Estendida!

Amigos, de início quero me desculpar por não ter atualizado o blog semana passada, hoje vamos tratar de um assunto que me chamou atenção quando assistia os jornais matutinos no dia de hoje: a Garantia Estendida.

Na verdade o termo ‘Garantia Estendida’, está errado, pois o que temos é um seguro pago pelo consumidor, que consiste na manutenção do produto após o fim da garantia legal ou contratual. Essa pratica foi regulamentada pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Os termos dessa garantia ficará registrado em uma apólice, o que demonstra ainda mais que a expressão utilizada está incorreta, porém o consumidor não está tendo as informações necessárias para a contratação desse produto.

As informações quanto ao conserto, troca do produto e prazos devem constar de forma clara  objetiva, nao devemos esquecer que as obrigações da seguradora não podem ser omitidas, pelo contrário, se faz imperioso o destaque na apólice. 

O desrespeito ao consumidor no que tange a falta de informaçao foi um dos motivos que levaram diversos segurados a procurar o PROCON e formalizar sua queixa, posteriormente tais dados foram encaminhados ao Ministério Público de Minas Gerais, que em conjunto intentarem com uma ação cautelar solicitando a suspensão das vendas da Garantia Estendida, em todas as lojas do Estado o que foi concedido pela Justiça.

O que deve ser preservado nesses casos é a liberdade de escolha e o acesso à informação, direitos básicos e essenciais do consumidor. Cumpre salientar que, nesses casos é comum as lojas promoverem a venda casada o que é terminantemente vedado pelo nosso código.

Destarte que, a proibição, pela Justiça Mineira, da comercialização da Garantia Estendida não se aplica as lojas virtuais.

Essa ação foi fruto da interação entre Ministério Publico Estadual e Procon, certa feita estive na Capital Mineira para proferir uma palestra, na qual participou o Diretor do Procon e engatamos um papo sobre diversos assuntos, divulguei algumas ações do nosso Procon e naquele momento me chamou a atenção a forma como falava da parceria do órgão com o MP.

Me disse que, corriqueiramente eram solicitados dados pelo MP para subsidiar as ações que ingressavam na Justiça. Não tenho duvida que essa medida foi uma delas.

Há tempos que cobro ações mais enérgicas de todos os Ministérios Públicos de Consumo do Brasil, essas demandas são de grande valia para a proteção da sociedade e do consumidor que mereceu atenção especial pelo legislador constituinte.

Portanto, em caso de dúvida acerca da contratação da Garantia Estendida procure o PROCON ou um advogado da sua confiança.

Twitter: @MarceloMadeiro

Email: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é de Nelson Sargento e se chama: Encanto da Paisagem.

 

Encanto da Paisagem

Nelson Sargento

Morro, és o encanto da paisagem
Suntuoso personagem de rudimentar beleza
Morro, progresso lento e primário
És imponente no cenário
Inspiração da natureza
Na topografia da cidade
Com toda simplicidade, és chamado de elevação
Vielas, becos e buracos
Choupanas, tendinhas, barracos
Sem discriminação

Morro, pés descalços na ladeira
Lata d´água na cabeça
Vida rude alvissareira
Crianças sem futuro e sem escola
Se não der sorte na bola
Vai sofrer a vida inteira
Morro, o teu samba foi minado
Ficou tão sofisticado, já não é tradicional
Morro, és lindo quando o sol desponta
E as mazelas vão por conta do desajuste social

http://letras.mus.br/nelson-sargento/1922162/#

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

ANS Determina que Planos de Saúde criem a Ouvidoria!

Amigos, hoje vamos tratar da Resolução que a Agência Nacional de Saúde (ANS) publicou dia 04 de abril do corrente ano, que trata das ouvidorias que deverão ser instaladas pelos Planos de Saúde.

De acordo com a Resolução Normativa n° 323 as operadoras de plano de saúde deverão criar as Ouvidorias, com o intuito de receber as reclamações dos seus usuários. Na verdade a ANS junto com o Ministério da Saúde pretendem proporcionar um maior acesso dos usuários às empresas, para com isso sanar possíveis falhas na execução do contrato.

A norma regula desde o procedimento administrativo até a composição, vejamos; necessidade de protocolo e funcionários com poder de atender a solicitação e deverá contar com um ouvidor titular e um suplente.

Ainda de acordo com a norma a operadora possui um prazo não superior a 30 dias úteis para enviar as respostas aos solicitantes, acredito que esse prazo é muito extenso, o que pode acarretar em uma acomodação por parte do consumidor e da empresa em sanar o problema.

A ouvidoria deve ser disponibilizada por atendimento eletrônico (email), corporativo (quando feito na sede da empresa), contato telefônico (0800), correspondência escrita, atendimento presencial, ou quaisquer outros meios de comunicação.

Diversas foram às reclamações feitas a ANS para que gerasse a presente Resolução, por conta disso, temos diversas imposições, como por exemplo: o atendente tem que ter acesso a todas as informações do contrato, em muitos casos o atendente de forma proposital não tinha acesso ao contrato do usuário o que tornava a reclamação frustrada.

Por fim, as operadoras que possuem em sua carteira de clientes mais de 100 mil usuários possuem um prazo de 180 dias para colocar em prática essa estrutura, já as empresas que possuem até 100 mil clientes possuem 01 ano para efetuar a criação da ouvidoria.

Essas medidas são fruto das reclamações dos usuários diretamente ao Ministério da Saúde ou a ANS, lembrando que em 2012 o Governo Federal, determinou a suspensão temporária dos planos de saúde.

Entendemos que tais medidas visam a melhorar o atendimento do consumidor para com a sociedade, porém alguns prazos foram benevolentes. Outro ponto que me causa certo espanto é o fato de que uma ouvidoria tem o poder de ouvir, mas nem sempre tem o poder de decidir, caso não andem juntos (ouvir/decidir) tais medidas não alcançaram os objetivos determinados, quais sejam: Serviços com melhor qualidade.

Twitter: @MarceloMadeiro
E-mail: marcelomadeiro@gmail.com
Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é da Turma do Balão Mágico que fez muito sucesso nos anos 80.


Lindo Balao Azul
A Turma do Balão Mágico

Eu vivo sempre no mundo da lua
Porque sou um cientista
O meu papo é futurista e lunático.

Eu vivo sempre no mundo da lua
Tenho alma de artista
Sou um gênio sonhador e romântico

Eu vivo sempre no mundo da lua
Porque sou aventureiro
Desde o meu primeiro passo pro infinito.

Eu vivo sempre no mundo da lua
Porque sou inteligente
Se você quer vir com a gente
Venha que será um barato

Pegar carona nessa cauda de cometa
Ver a via láctea estrada tão bonita
Brincar de esconde esconde numa nebulosa

Voltar pra casa nosso lindo balão azul

Pegar carona nessa cauda de cometa
Ver a via láctea estrada tão bonita
Brincar de esconde esconde numa nebulosa
Voltar pra casa nosso lindo balão azul

Pegar carona nessa cauda de cometa
Ver a via láctea estrada tão bonita
Brincar de esconde esconde numa nebulosa
Voltar pra casa nosso lindo balão azul

Pegar carona nessa cauda de cometa
Ver a via láctea estrada tão bonita
Brincar de esconde esconde numa nebulosa
Voltar pra casa nosso lindo balão azul

Nosso lindo balão azul
Nosso lindo balão azul
Nosso lindo balão azul
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Cuidados na Semana Santa!

Amigos, estamos na semana santa para quem não sabe é a ocasião onde celebra-se a Paixão, Morte e a ressureição de Cristo.

As comemorações começam no Domingo de Ramos que indica o final da quaresma, foi nesse dia que Jesus entrou em Jerusalém e terminam no Domingo de Páscoa com a Ressureição.

Para os católicos é nesse momento que devemos orar, rezar e pedir que sejamos abençoados.

Se convencionou que na sexta feira da Paixão, como é chamada o dia da morte e crucificação de cristo, as pessoas não devem comer carne em sinal de respeito.

Por conta disso, a procura por pescados aumenta consideravelmente nessa época e é no momemtno da compra que devemos adotar certas medidas para evitar problemas com a compra de alimentos estragados, haja vista que, estamos falando de produtos que estragam muito rápido.

De início, devemos observar as condições de higiene do local e a forma de armazenagem dos alimentos. Os peixes devem estar com as guelras vermelhas, olhos salientes e brilhantes, corpo rijo e as escamas não devem se desprender com facilidade. Alguns consumidores costumam pressionar o peixe e observar se o local demora a voltar ao normal ou se não volta, caso isso aconteça é um sinal de que já está em processo de deterioração.

Nos demais pescados é importante analisar o odor, que deve ser característico do produto, sem ser forte demais!

O consumidor tem um aliado forte nesse momento, a vigilância sanitária, que deve andarmãos dadas com o PROCON e demais órgãos de defesa e proteção ao consumidor como a Delegacia do Consumidor, por exemplo.

Qualquer problema procure o PROCON ou a Vigilância Sanitária.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é do Engenheiros do Hawai!

O Papa É Pop (Acústico MTV)

Engenheiros do Hawaii

Todo mundo tá revendo o que nunca foi visto
Todo mundo tá comprando os mais vendidos
É qualquer nota, qualquer notícia
Páginas em branco, fotos coloridas
Qualquer nova, qualquer notícia
Qualquer coisa que se mova é um alvo
E ninguém tá salvo.

Todo mundo tá relendo o que nunca foi lido
Tá na caras, tá na capa da revista
É qualquer nota, uma nota preta
Páginas em branco fotos coloridas
Qualquer rota, rotatividade
Qualquer coisa que se mova é um alvo...

E ninguém tá salvo
Um disparo, um estouro!!!

(refrão) O papa é pop, o papa é pop
O pop não poupa ninguém
O papa levou um tiro à queima roupa
O pop não poupa ninguém

Uma palavra na tua camiseta
O planeta na tua cama
Uma palavra escrita a lápis
Eternidades da semana
Qualquer coisa, quase nova
Qualquer coisa que se mova é um alvo
E ninguém tá salvo

(refrão) O papa é pop, o papa é pop
O pop não poupa ninguém
O papa levou um tiro à queima roupa é
O pop não poupa ninguém

Toda catedral é populista
É pop, é macumba pra turista
Mas afinal o que é rock n' roll?
Os óculos do John, ou o olhar do Paul?

E o papa é pop, o papa é pop
O pop não poupa ninguém
O papa levou um tiro à queima roupa
O pop não poupa
O pop não poupa
Ninguém.

http://letras.mus.br/engenheiros-do-hawaii/o-papa-e-pop-acustico-mtv/#

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Titulo de Capitalização, Entenda!

Amigos, hoje vamos falar sobre os títulos de capitalização, aqueles que muitas vezes são oferecidos por gerentes de bancos.

Ao ser abordado pelo vendedor, o cliente/consumidor recebe, no máximo, as informações básicas, geralmente assim: “O Sr. irá pagar a quantia de ‘x’ por mês, por um período ‘y’ e ao final recebe a quantia de ‘z’”, se você recebeu alguma informação além desta, favor me passar, pois desconheço qualquer banco que tenha feito isso.

Os bancos costumam forçar o cliente a comprar um título de capitalização quando da aquisição de outro produto, fazendo a chamada “venda casada”, o que é proibido pelo nosso CDC.

Voltando aos títulos de capitalização, nessa operação, existem alguns conceitos que deveriam ser bem explicados, mas não o são, tais como: reserva matemática e prazo de carência.

O primeiro, é a parte que é separado do seu depósito – que possui uma remuneração – para formar a poupança; o segundo é o período que pode ser resgatado sem sofrer as compensações. Algumas instituições não fazem a devolução da quantia total investida, o que é um absurdo.

Dificilmente a instituição financeira explica que o título de capitalização no qual o investidor além do próprio rendimento, participa de sorteios concorrendo a prêmios em dinheiro, que o valor vai ser utilizado para o pagamento dos prêmios, uma parte será utilizado para o pagamento das taxas e a restante será utilizada para a poupança.

O responsável pela fiscalização das empresas que comercializam estes títulos é a SUSEP, que recebeu essa função do Governo Federal, por isso, em caso de dúvida deve o consumidor entrar na página da internet da SUSEP e pesquisar todos os dados sobre os títulos que estão sendo negociados. Só a titulo de exemplo, a Telesena é um título de capitalização.

Ao adquirir o título o cliente/consumidor determina a forma de pagamento se em parcela única ou se em parcelas mensais. Os valores devem são rentabilizados e posteriormente devolvidos, em regra o rendimento é próximo ao da poupança (0,5%+T.R.), em alguns casos chega a ser inferior à poupança.

Em alguns casos, e aí mora o perigo, as empresas não colocam o investimento para rentabilizar e cobram uma taxa, chamada de taxa de carregamento que se destina a empresa, o restante dos valores são utilizados para o pagamento dos prêmios,  ou seja, a conta não vai fechar e a empresa pode falir a qualquer momento.

Por conta disso, quando vai resgatar o que depositou se depara com valores inferiores aos  que foram investidos, logo o negócio que aparentava atrativo se apresenta como uma fraude. 

Se você amigo leitor é do tipo conservador que não gosta de correr riscos, esse não é o seu investimento.

Destarte que, se a instituição bancária não passar todas as informações relativas ao caso, o consumidor que se sentir lesado poderá intentar com uma ação pedindo o ressarcimento integral do que foi pago.

Em caso de dúvida procure o PROCON ou um advogado da sua confiança.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é do Engenheiros do Hawai e uma das mais emblemáticas dos anos 80.

Infinita Highway (Acústico MTV)

Engenheiros do Hawaii

Você me faz correr demais os riscos desta highway
Você me faz correr atrás do horizonte desta highway
Ninguém por perto, silêncio no deserto, deserta highway
Estamos sós e nenhum de nós sabe exatamente onde vai parar

Mas não precisamos saber pra onde vamos, nós só precisamos ir
Não queremos ter o que não temos, nós só queremos viver
Sem motivos nem objetivos nós estamos vivos e é tudo
É, sobretudo, a lei dessa infinita highway.
Infinita highway.

Escute garota, o vento canta uma canção
Dessas que uma banda nunca toca sem razão
Então me digam garotas? será a estrada uma prisão?
Eu acho que sim, você finge que não
Mas nem por isto ficaremos parados
Com a cabeça nas nuvens e os pés no chão
Então tudo bem, garota, não adianta mesmo ser livre
Se tanta gente vive sem ter como comer

Estamos sós e nenhum de nós sabe onde vai parar
Estamos vivos sem motivos
Que motivos temos para estar atrás de palavras
Escondidas nas entrelinhas do horizonte desta highway?
Silenciosa highway
Infinita Highway

Eu vejo o horizonte trêmulo
Eu tenho os olhos úmidos
Eu posso estar completamente enganado
Eu posso estar correndo pro lado errado
Mas "a dúvida é o preço da pureza" e é inútil ter certeza
Eu vejo as placas dizendo não corra, não morra, não fume
Eu vejo as placas cortando o horizonte
Elas parecem facas de dois gumes

E a minha vida é tão confusa quanto a América central
Por isso não me acuse de ser irracional
Escute, garota, façamos um trato:
Você desliga o telefone se eu ficar um pé no saco

110, 120, 160 Só pra ver até quando o motor agüenta
Na boca em vez de um beijo, um chiclete de menta
E a sombra de um sorriso que eu deixei
Numa das curvas da highway
Silenciosa highway
Infinita highway

http://letras.mus.br/engenheiros-do-hawaii/265608/

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Dia do Consumidor

Amigos, hoje é comemorado o dia nacional do consumidor instituído pela Lei n° 10.504/2002, contemplando o dia mundial do consumidor comemorado desde 1983, mas foi o Presidente americano Jonh Kenedy que deu o norte para esse dia quando declarou os 04 direitos fundamentais dos consumidores:

1 – Direito a produtos e serviços seguros;

2 – Direito a informação;

3 – Direito de escolha;

4 – Direito a ser ouvido;

Com a difusão desses direitos surgiram mais 04 direitos fundamentais que formam a base das relações de consumo:

5 – Direito à satisfação das necessidades básicas;

6 – Direito a ser compensado;

7 – Direito à educação;

8 – Direito a um meio ambiente saudável;

Em diversos posts tive a chance de afirmar que o nosso CDC é dos melhores e mais evoluídos do mundo.

Foi formatado com base em princípios e por conta disso pode ser aplicado no tempo, ou seja, com a evolução da sociedade os artigos vão se amoldando com as necessidades e costumes da época, evitando normas fechadas e objetivas que não refletem os anseios da sociedade daquele momento.

Sou contrário a qualquer tipo de mudança na nossa norma, aqueles que defendem que o nosso código deve tratar das questões relativas a internet não acompanham o que estamos vivendo, pois um contrato travado pela internet já está regulamentado, estamos diante de uma compra e venda de produtos ou de uma contratação de serviços.

Imperioso destacar que, a internet merece uma atenção especial pelos legisladores, as normas atuais não deixam claro como essa ferramenta deve ser utilizada, porém entendo que não será dentro do CDC que essa norma deve morar, que se faça a sua casa própria.

Qualquer mudança na norma no sentido de reformar ou de ser criado um novo código irá gerar uma perda aos consumidores. Entendemos que o nosso código deve permanecer como está, sem alterações.

A lei mudou o comportamento das empresas ao longo dos anos, mas ainda não atingimos o grau máximo de perfeição, notamos que, os fornecedores estão cada vez mais preocupados com a qualidade no serviço e nos produtos, alguns estão utilizando os índices de reclamação como uma propaganda positiva, por exemplo: “nossa entrega tem o menor índice de reclamação do mercado”.

Esses pontos fazem do CDC uma norma eficiente, se alguém perguntar: “O que você acha do Código de Defesa do Consumidor?” não tenha dúvida à resposta é: “SUCESSO”.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje foi indicada pelo amigo Fabrício Oliveira e é da Banda Casuarina.

Casuarina

Dissimulata.

Você me veio com aquele flerte
E como estava eu fiquei inerte
Você me olhava de revesgueite
Me convidando pro tete-a-tete

Esfumaçava o ambiente
Quando dançava pro meu deleite
Sem perceber fui ficando quente
O teu gingado café com leite

Mas o teu charme não era sério
Eu fui mais um a morder a isca
Quero entender qual o seu critério
Para escolher que corações você confisca

Depois de ti sou cobra criada
Contra essa tua sem-vergonhice
Hoje você não me deve nada
Desde que eu parei o baile e...

Disse mulata, dissimulada
Não brinque com o que Deus lhe deu
Vai desfilar os seus dotes
Pra outro crioulo que não seja eu

Mas o teu charme não era sério
Eu fui mais um a morder a isca
Quero entender qual o seu critério
Para escolher que corações você confisca

Depois de ti sou cobra criada
Contra essa tua sem-vergonhice
Hoje você não me deve nada
Desde que eu parei o baile e...

Disse mulata, dissimulada
Não brinque com o que Deus lhe deu
Vai desfilar os seus dotes
Pra outro crioulo que nunca... dissi...

http://letras.mus.br/casuarina/1976809/

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Planos de Saúde e as Novas Regras!

Amigos, hoje vamos tratar dos Planos de Saúde Privados e a atuação da agência reguladora no intuito de garantir os direitos do consumidor.

A Agência Nacional de Saúde publicou no Diário Oficial de hoje, 06 de março de 2013, novas regras que devem ser seguidas pelos Planos de Saúde, o que demonstra que as reclamações feitas junto à mesma surtem efeitos.
Atualmente quando o usuário faz alguma solicitação ao Plano de Saúde é aberto um processo interno, que o cliente não tem acesso, sendo negado ou autorizado pela empresa que comunica ao consumidor, geralmente por telefone, e em caso positivo que procure a clinica ou hospital para realizar o que exame ou cirurgia.

Ocorre que, as empresa não formalizam as suas decisões, ou seja, não entregam aos seus clientes por escrito a autorização ou negativa do Plano.

Pois bem, a regra do jogo mudou e sempre que o usuário solicitar a resposta por escrito os motivos da negativa do procedimento, o plano de saúde deve entregar uma resposta clara, objetiva e indicar os fundamentos que se baseou para negar.
A resposta pode ser por carta ou e-mail, cabendo ao usuário escolher a forma como pretende ser comunicado, tendo o plano de saúde 48 horas para enviar a decisão. Os planos sempre tiveram a obrigação de informar os motivos da negativa, o que a ANS fez foi obrigar que seja feita por escrito caso seja solicitado pelo cliente.

Outro item que foi abordado pela ANS, diz respeito ao atendimento de urgência e emergência, os planos de saúde não podem negar esse tipo de serviço.

Essas ações tem o objetivo de dar uma resposta a sociedade de um modo geral, vez que, em 2012 foram feitas mais de 75 mil reclamações junto ao órgão, sendo a maioria de negativa nas solicitações.
A resolução não se aplica de imediato os planos possuem um prazo de 60 dias para se adaptarem a nova regra, caso não o faça poderá pagar uma multa de até R$ 30 mil.

Portanto caso o consumidor não tenha o seu pedido ou atendimento garantido, poderá procurar o Procon, a própria ANS acessando o seu site, ou a justiça. Em caso de dúvida procure um advogado da sua confiança.

Twitter: @MarceloMadeiro
E-mail: marcelomadeiro@gmail.com
Facebook: Marcelo Madeiro
A música de hoje é em homenagem a um dos maiores artistas da atualidade, Toquinho.

Aquarela
Toquinho
Numa folha qualquer
Eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo...
Corro o lápis em torno
Da mão e me dou uma luva
E se faço chover
Com dois riscos
Tenho um guarda-chuva...
Se um pinguinho de tinta
Cai num pedacinho
Azul do papel
Num instante imagino
Uma linda gaivota
A voar no céu...
Vai voando
Contornando a imensa
Curva Norte e Sul
Vou com ela
Viajando Havaí
Pequim ou Istambul
Pinto um barco a vela
Brando navegando
É tanto céu e mar
Num beijo azul...
Entre as nuvens
Vem surgindo um lindo
Avião rosa e grená
Tudo em volta colorindo
Com suas luzes a piscar...
Basta imaginar e ele está
Partindo, sereno e lindo
Se a gente quiser
Ele vai pousar...
Numa folha qualquer
Eu desenho um navio
De partida
Com alguns bons amigos
Bebendo de bem com a vida...
De uma América a outra
Eu consigo passar num segundo
Giro um simples compasso
E num círculo eu faço o mundo...
Um menino caminha
E caminhando chega no muro
E ali logo em frente
A esperar pela gente
O futuro está...
E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar...
Nessa estrada não nos cabe
Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe
Bem ao certo onde vai dar
Vamos todos
Numa linda passarela
De uma aquarela
Que um dia enfim
Descolorirá...
Numa folha qualquer
Eu desenho um sol amarelo
(Que descolorirá!)
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo
(Que descolorirá!)
Giro um simples compasso
Num círculo eu faço
O mundo
(Que descolorirá!)
http://letras.mus.br/toquinho/49095/ 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Oi é a Empresa que mais foi Multada pela Anatel!!!

Amigos, hoje vamos falar mais uma vez sobre as operadoras de telefonia, diversas foram as medidas que a Anatel tomou com o intuito de melhorar o serviço para com os consumidores, não podemos esquecer que, o Poder Judiciário tomou algumas decisões com o intuito de garantir um serviço de melhor qualidade para a sociedade.

De acordo com o Jornal “Valor Econômico”, na última semana a operadora OI recebeu três multas por descumprir metas de qualidade, sendo uma de R$ 3,9 milhões, oura de R$ 4,622 milhões e uma terceira no valor de R$ 1.164 milhões.

A Anatel começou a intensificar a fiscalização e a aplicar as multas em 2011 a Oi foi quem mais recebeu multas, um total de 152, que juntas somam a quantia de R$ 165,9 milhões.

A Telefônica/Vivo foi autuada 27 vezes, totalizando R$ 46,4, a Embratel/Net recebeu 18 multas no total de R$ 3,7 milhões a Tim recebeu 34 multas totalizando R$ 775,5 mil, a Claro recebeu 11 notificações somando R$ 110,5 mil.

A maioria das punições diz respeito a descumprimento de metas de qualidade, apesar da Anatel ter determinado a suspensão da venda de chip por algumas operadoras a Justiça já estava determinando a comercialização em alguns estados, como Alagoas.

A multa tem que ser aplicada de forma garantir o fim da norma, que não é arrecadar e sim, ofertar um serviço de qualidade. Entendo que a multa tem que ser elevada para que possa inibir a empresa a não desrespeitar o que fora determinado.

Ainda de acordo com o “Valor Econômico”, as multas pagas somam a quantia de R$ 81,1 milhões, valor esse ínfimo se somado todas as multas aplicadas até hoje e não pagas que somam a quantia de R$ 33 bilhões. Algumas empresas procuram a justiça para não efetuar o pagamento e assim vão se acumulando com o passar dos anos.

A Anatel pretende formalizar um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) com as operadoras, porém entendemos que não será efetivo e mais, acreditamos que as empresas não vão assinar o TAC.

Twitter: @MarceloMadeiro
E-mail: marcelomadeiro@gmail.com
Facebook: Marcelo Madeiro

Hoje vamos de Edson Gomes.
Sistema Vampiro
Edson Gomes
Esse sistema é um vampiro oooo
Ah ! O sistema é um vampiro oooo
Esse sistema é um vampiro oooo
Todo povo ficou aflito oooo
Esse sistema é um vampiro oooo
Ah ! O sistema é um vampiro
Eh! vive sugando todo povo
Vem cá, meu Deus, desça de novo
Ouça meu grito de socorro
Pai, escuta a voz desse teu povo
Que clama
Um centenário de oh falsa libertação
Cativeiro mental
Estamos metidos nos buracos
Estamos jogados nas favelas da vida
Pendurados lá no morro
Velho pai, só nos resta teu socorro
Ah, sim!
Estamos largados nas calçadas
Nós não temos nem morada
Não temos nada!
Esse sistema é um vampiro oooo
Ah ! O sistema é um vampiro oooo
Esse sistema é um vampiro oooo
Todo povo ficou aflito oooo
Esse sistema é um vampiro oooo
Estamos metidos nos buracos
Estamos jogados nas favelas da vida
Pendurados lá no morro
Velho pai, só nos resta teu socorro
Ah, sim!
Estamos largados nas calçadas
Nós não temos nem morada
Não temos nada!
oioioioioioio

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com