Workshop em Arapiraca mostra como fugir da crise com maquiagem e marketing

8a26d4fe c6a5 4499 acde 92e3e93f002b

Em tempos de crise, a melhor saída é se reinventar para incrementar os negócios. Com essa proposta, será realizado, em Arapiraca, no dia 28 de novembro, o “Workshop de Maquiagem – Vencendo a Crise com Glamour”, com a maquiadora Sandra Lopes e com a especialista em marketing, Márcia Carvalho, no Hotel Sol Nascente.

Com uma visão estratégica e focada no empreendedorismo, as palestrantes irão mostrar que é possível gerar uma boa renda com o trabalho na área de beleza, utilizando o conhecimento em maquiagem e técnicas de marketing.

A primeira etapa do evento será uma palestra, com duração de uma hora, sobre marketing pessoal. Márcia Carvalho vai abordar temas relevantes para quem almeja ser lembrado neste disputado mercado. Será o momento de fortalecer o profissional enquanto marca, abordando temas referentes a comportamento, reputação pessoal, autoimagem e muito mais.

Em seguida, será a vez de aprender a cuidar mais de si e ainda lucrar com maquiagem. Sandra Lopes vai mostrar como fazer a preparação da pele, utilizando técnicas de luz e sombra, maquiagem social e maquiagem para noivas. Sandra Lopes é expert na área e um dos principais nomes da área em Alagoas.

Ainda de acordo com as organizadoras do workshop, a iniciativa visa incentivar a interação entre pessoas que gostam da área, apresentar novas técnicas de maquiagem, além de orientar acerca do ingresso e sucesso na carreira.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas por meio da fanpage do evento no Facebook (facebook.com/workmaquiagem). Mais informações: 9.9922-4594 ou 9.9921-8185, eimarketingeventos@gmail.com.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Em entrevista exclusiva, Célia Rocha revela intimidades e fala da sua paixão por Arapiraca

Secom-AL/Arquivo 53b85b2f 5845 4d6f 82f7 2e4ce14199e4 Célia Rocha

A ligação com Arapiraca é tão forte que o aniversário dela acontece um dia antes da celebração da emancipação política do município. Nesta quinta-feira (29), Célia Maria Barbosa Rocha fez 63 anos. Com três filhos e quatro netos, a comandante do Poder Executivo municipal tem uma rotina intensa. Passa cerca de 12 horas na Prefeitura, chegando pela manhã e saindo somente à noite.

Célia é conhecida pela alegria contagiante e também pela elegância. Aos 63 anos, ela tem a energia de uma mulher de 30 e também os maus hábitos da juventude. A beleza, entretanto, é puro mérito da genética, uma vez que ela hoje não pratica nem uma ação em prol da beleza. Eventualmente, somente um hidratante e reconhece que precisa melhorar. Na maquiagem, só um batom, por causa da cobrança da assessora e das filhas.

É justamente pela cobrança dos rebentos que Célia não deixa de fazer uma revisão anual. Segundo ela, os filhos a obrigam a parar e fazer os exames clínicos e laboratoriais de uma vez só porque ela não vai por conta própria.

Apesar de ter formação em medicina, Célia confessa o sedentarismo e revela que vai começar a praticar atividade física, com o incentivo dos amigos. “Acabei de ganhar um triciclo. Foi uma gentileza do Vital. Acho que por conta de ver o meu sedentarismo. Espero poder usufruir”, afirmou.

Católica, Célia Rocha é uma mulher de fé. Lê a Bíblia diariamente, sempre à noite. “Eu procuro fazer tudo que posso durante o dia. Para depois que eu chegar à minha casa, relaxar, ler a minha bíblia, ler a palavra de Jesus, fazer as minhas orações”, frisa.  

Mulheres de Arapiraca

Célia Rocha define a mulher arapiraquense como “uma guerreira”. “Conheço mulheres extremamente guerreiras. As mulheres são fantásticas. Eu acho que a mulher tem um brilho diferente e tem se destacado em todos os aspectos”, explica.

A violência contra a mulher é apontada como a questão social que mais a preocupa, quando se fala em problemas relacionados a mulheres. Ela ressalta que, apesar de haver mecanismos de proteção vigentes, há vítimas que ainda não se sentem encorajadas a denunciarem as agressões.

 “E o pior: a gente vê que isso acaba acontecendo por parte de um amante, de um companheiro, de um esposo, de um namorado. Enfim, de alguém muito íntimo e muito querido e isso choca mais ainda”, avalia.

Arapiraca: 91 anos

Célia Rocha tem uma longa trajetória na política de Arapiraca. Seu ingresso na vida pública remonta à década de 1980. De lá para cá, foi vereadora, prefeita, deputada federal e retornou ao cargo de prefeita, em 2013.

Neste mandato, ela se deparou com uma situação inesperada: a crise econômica. “Tomamos medidas muito duras, muito dolorosas com todo mundo. Isso me deixou muito mal, muito intranquila, muito desconfortável”, lembra.

Ela frisa, no entanto, que tais medidas foram necessárias. “Acho que elas valeram a pena no sentido de que momento pior da crise, estamos dando as repostas. O esforço que a gente fez para ter os recursos das contrapartidas, o esforço que a gente fez para se manter dentro da legalidade quanto à Lei de Responsabilidade Fiscal”, explica.

Apesar de todas as dificuldades, Célia Rocha permanece otimista e apaixonada por Arapiraca. “Eu amo essa cidade demais. ‘O povo de Arapiraca é muito energizado, é muito empreendedor, ama muito esta cidade, acredita muito no potencial do seu povo e toda região. Eu amo esse povo. E ele que faz essa cidade ser o que é”, destaca. 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Modelos arapiraquenses interpretam deusas gregas em ensaio fotográfico

Erick Balbino Bb29c195 bcf9 47f4 b167 be4253bf030f Medusa

Depois de dois meses de trabalhos intensos, o fotógrafo Erick Balbino e o produtor Lucas Ferreira apresentaram, esta semana, um ensaio cheio de beleza e feminilidade. Intitulado “Grega”, o projeto resultou em fotografias que trazem cinco modelos encarnando as divindades Atena, Afrodite, Perséfone, Hera e Medusa, em imagens bem contemporâneas.

"Apesar de reconhecer a metáfora utilizada por trás de cada estória da Mitologia Grega, sempre me perguntei como estariam algumas dessas personalidades caso fossem reais e vivessem no século XXI. Para compor o trabalho, utilizei a proposta de reencarnar as deusas gregas nas modelos", disse o fotógrafo.

 

Nas fotos, estão as modelos Elis Monteiro, Thalía Santos, Maria Andressa Sampaio, Joyce Silva e Ana Cláudia. 

Todo o trabalho foi executado em Arapiraca. Confiram AQUI mais fotos!

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Suplementos alimentares devem ser consumidos sob orientação de nutricionista

Divulgação E36d11c0 2e4b 4aca a90b 9b2e74d7ca3c Mirella Freire, nutricionista

Os suplementos alimentares viraram uma febre, principalmente, entre as pessoas que praticam exercícios físicos. No entanto, é importante prestar atenção ao que está sendo consumido, uma vez que tais produtos podem trazer prejuízos à saúde. Em entrevista para o blog, a nutricionista Mirella Freire explica o que são e em quais circunstâncias eles podem ajudar ou prejudicar a saúde dos consumidores. Confira:

Blog da Clau Soares: O que são esses suplementos? São alimentos ou remédios?
Mirella Freire: Os suplementos alimentares são preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos, que podem estar faltando ou não são consumidos em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa. Não são remédios.

Blog: Quem pode consumir esses produtos?
MF: Os suplementos são indicados para indivíduos com necessidades nutricionais específicas em decorrência de exercícios físicos ou de alguma patologia associada. Na maioria dos casos, uma alimentação equilibrada é suficiente para atender as necessidades nutricionais, apenas em situações específicas alguns atletas ou pessoas com algum tipo de doença específica necessitam de suplementação, conforme orientação de nutricionista.

​Blog: É preciso orientação nutricional para consumi-los?
MF: Sim. O nutricionista avaliará suas necessidades energéticas e indicará, caso necessário, o suplemento específico. O produto, porém, não deve ser confundido com anabolizantes (que são hormônios que causam graves consequências para o organismo), nem com medicamentos. Eles são extraídos de alimentos. O corpo sabe o que fazer com seus nutrientes. É diferente de um remédio.

Blog: Quais são os riscos no consumo de suplementos por conta própria?
MF: Quando tomados sem necessidade ou em excesso, os suplementos podem causar diversos problemas, principalmente aos metabolismos ósseo, renal e hepático. Fígado e rins podem ser prejudicados quando o consumo é feito em altas doses. Espinhas e flatulências também podem aparecer, mas isso depende da tolerância de cada pessoa a determinado produto. Pessoas com diabetes, pressão alta, anemia e hepatite só podem fazer uso desses produtos após avaliação criteriosa de um nutricionista.

Blog: Que conselho você daria a alguém que pensa em comprá-los, sem orientação?
MF: Quem está interessado em usar suplementos alimentares deve procurar um nutricionista. Eles têm proporcionado bons resultados no ganho de massa muscular e na perda de peso, mas precisam ser ingeridos na dose certa para não causar efeitos colaterais. O certo é que o uso de suplementos deve ser de forma individualizada. Nunca se deve fazer uso deles por indicação própria ou de amigos, porque não há uma pessoa que tenha as mesmas necessidades nutricionais que outra. Outra dica importante é adquirir apenas os que são regularizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Retrato de mulheres que moram no lixão em Arapiraca

Clau Soares 8323cff6 a74e 4c2b 886c ed3d14f39103

No lixão, na comunidade Mangabeiras, em Arapiraca, há mulheres, como nós. Elas tingem o cabelo, usam vestido floral, sabem amar, usam celulares e veem TV. Elas, no entanto, não têm o que nós temos: instrução e algum dinheiro, o suficiente, ou um pouco mais, para usufruir de um bem básico: a dignidade.

No olhar de uma delas, de 42 anos, mas com aparência de 60, o sofrimento grita. Um sofrimento que ela nem tem consciência. Segura a neta, uma das quatro que já tem, enquanto os filhos pequenos brincam, em meio a moscas, a cães que se coçam sem parar, a galinhas com seus pintinhos e a muito lixo e mau cheiro. Ela diz estar acostumada em morar ali porque está no seu barraco "próprio", sem pagar aluguel, desde 2006, quando se mudou.

Outra, mais jovem, está há dois anos, morando no local. É catadora, assim como o companheiro com quem divide o lar, há 12 anos. São de Palmeira dos Índios. Não têm filhos porque a natureza não permitiu. Queria  quatro. "Para fazer barulho na casa", diz. À noite, não vai dormir, vai catar itens para reciclagem (garrafas pet, plásticos, alumínio, ‘cacarecos’) no monte de lixo fétido que produzimos e que chega diariamente ao lugar onde essas pessoas moram. 

Samuel, um homem que há 18 anos, vai religiosamente, todas as sextas, para levar uma refeição diferente às famílias, acompanhou-me na visita. O casal Télio e Yanne fez a gentileza de nos conduzir, de carro, até o ponto mais alto.

Assim que o carro parou, cerca de dez pessoas surgiram instantaneamente: homens, adolescentes, crianças. Quando perceberam que não trouxemos nada, foram se afastando, apesar de a câmera fotográfica atrair alguns. Coração apertou. Rostinhos sujos olham nos nossos olhos e sorriem.

Sim, ainda existe gente vivendo assim. Esta é a realidade destas famílias. Morar em um barraco, em péssimas condições de higiene, sem perspectiva de mudança de vida. Incompreensível. Na minha cidade, na "Metrópole do Futuro", em Arapiraca.

A cada dois anos, eles dizem que os candidatos a cargos políticos sobem o morro, depois desaparecem. Eleitos ou não. Os tais “políticos” só voltam a lembrar da comunidade depois de dois anos, quando retornam para "dar uma cesta básica". Eleições.

Samuel disse que agora tem pouca gente morando nos barracos, que a parte de baixo  já tem a maioria das casas com alvenaria. No entanto, como podemos fechar os olhos para pessoas, como nós, que para garantir o sustento precisam catar lixo?

A inclusão no mercado formal de trabalho seria uma alternativa; incentivar a coleta seletiva na cidade, com a separação dos itens para reciclagem, em cada casa, é outra; conscientizar insistentemente aquelas famílias de que viver naquele ambiente não é vida, o mínimo essencial. Por que não fazemos nada?

Enquanto isso, as mulheres, como nós, continuam ali. Vivendo cada dia. Cada ano. Cada nova gestação. E tudo, de novo, se repete...

Mais fotos em: blogdaclausoares.com.br

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

O que vi em Brasília

2c2cb930 6688 4ac5 837c 96801895c409

Ao mesmo tempo em que diariamente temos notícias do que nossos representantes políticos têm feito, em Brasília, capital federal do Brasil, sentimos um distanciamento desta impressionante cidade. Com a finalidade de “sentir” como funcionam os principais órgãos dos poderes Legislativo e Judiciário do País, uma comitiva de estudantes da Universidade Estadual de Alagoas, a qual tive o prazer de compor, saiu rumo ao Planalto Central para ver de perto toda a magnitude desta cidade.

Apesar de ainda estar no quarto período de curso (decidi fazer direito para complementar minha formação universitária em jornalismo), fiquei seduzida pela proposta de trabalho extraclasse do professor da disciplina Direito Constitucional, Jádney Aragão. Desde o começo do ano, começaram os preparativos: levantar o número de estudantes interessados, reservar passagens, hotel, fazer roteiros, marcar as visitas aos órgãos, orientar o comportamento e a forma de se vestir para entrar nos locais oficiais.

O grupo, com 17 pessoas, viajou em uma quarta-feira (dia 23 de setembro) e retornou dois dias depois. Em Brasília, estivemos no Memorial JK, que possui um acervo gigante acerca do fundador da Capital Federal, Juscelino Kubitschek, como homem público e privado. Lá, estão os restos mortais do ex-Presidente da República, além de diversos objetos que a ele e à sua esposa, Sarah Kubtschek, pertenceram.

Passamos ainda pelo Congresso Nacional onde pudemos conferir a estrutura da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. O dia mais marcante, sem dúvidas, foi o da visita ao Supremo Tribunal Federal, órgão máximo do Poder Judiciário, onde estão os nomes mais expressivos (e poderosos) da área jurídica. O STF é simplesmente o guardião da Constituição Federal, nossa mais importante lei.

 A viagem foi concluída com visita a pontos turísticos, mas não menos importantes, uma vez que lá estão as marcas do grande arquiteto Oscar Niemeyer – que projetou quase todos os prédios públicos. A Catedral Metropolitana, a Ponte JK, o Palácio da Alvorada – casa oficial do presidente da República encantam os olhos e o coração, sem falar da sensação de que a inteligência humana não tem limites de tão bela que é a arquitetura e complexa a engenharia utilizadas nas edificações.

Apesar do forte calor, do ar seco (ainda assim, todos vestem terno por lá), foi compensador estar em uma ponto geográfico tão relevante do País e poder aprender um pouco acerca da diversidade do Brasil.  Espero que gostem do registro fotográfico. 

Mais imagens em: www.blogdaclausoares.com.br

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Modelo arrasa nas passarelas e também na sala de aula

Lorena de Castro Alves 1a63e599 77fc 4e56 90db 0273051ab4cf

A modelo e miss arapiraquense, Elis Virgínia Monteiro Amorim, de 19 anos, não é apenas beleza. Além das passarelas, ela também arrasa nas salas de aula, em Arapiraca, como professora de língua portuguesa e redação (Elis está prestes a concluir o curso em nível superior de Letras: Português).

A história dela é marcada pela superação. Com apenas 13 anos, fez seus primeiros trabalhos de modelo, mas em virtude de um problema de saúde, acabou se afastando da carreira, aos 15. Somente este ano, decidiu retomar a atuação na área.

Como uma das concorrentes ao título Miss Arapiraca Universo 2015, ela conquistou o título de Miss Simpatia, embora fosse uma das preferidas do público à faixa. Ela celebrou a vitória, mas não perdeu o foco: continua estudando e ministrando aulas, além de estrelar desfiles e editoriais para empresas locais.

A Miss Simpatia frisa que entrou no mundo da moda, por acaso, sem planejar, apesar de sempre estar antenada em tudo e ser apaixonada pela área. Elis revela que sua fonte de informação sempre foi as redes sociais. “Para quem quer começar, o primeiro passo é estar ligado em tudo que acontece no mundo da moda”, aconselha.

Recentemente, posou para as lentes da fotógrafa Lorena de Castro Alves, da empresa Rettrarte, em um ensaio marcante, que ressaltou ainda mais a beleza incomum de Elis. As fotos desta matéria foram gentilmente cedidas pela fotógrafa.

Veja mais fotos em: www.blogdaclausoares.com.br

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Cabeleireiro e maquiador Anderson Salvador (RJ) ministrará curso em Arapiraca

Divulgação 4a951530 04e5 46cc 8d3c 54671c1f7763

Os profissionais da área de beleza, em Arapiraca, terão a oportunidade de participar de uma capacitação em corte, cor e penteado com o instrutor do Instituto Embelleze do Rio de Janeiro, Anderson Salvador, durante o Mini Fórum de Beleza, que acontecerá de 11 a 13 de outubro, no Hotel Sol Nascente.

Anderson Salvador vai ensinar técnicas de coloração com mechas platinadas e novas tendências, visagismo e técnicas avançadas de corte, apresentando em primeira mão o ‘point cutting’ e ‘cut bob’, e ainda penteados com visagismo e apresentação ‘wedding hair’ e tendência casuais.

Além da qualificação, serão realizadas ainda palestras com foco no redirecionamento de carreira, empreendedorismo e mercado da beleza em Alagoas, com participação da coach Aparecida Brandão, do Sebrae e do economista Cícero Péricles.

O fórum será encerrado com um jantar de gala, na noite do dia 13. a participação da Miss Juvenil do Rio de Janeiro, Kamylla Carvalho. Na ocasião, os participantes poderão ainda mostrar o seu talento no concurso de penteado, no Hotel Sol Nascente. 

Inscrições
Os interessados em participar das atividades do fórum pode realizar a inscrição até o dia 5 de outubro, no Instituto Embelleze, em Arapiraca. O investimento é de R$ 300, que pode ser dividido em até dez parcelas, no cartão de crédito. Mais informações pelos telefones 3522-6574 e 99653-5577 (Whatsapp) ou por e-mail:  al.arapiraca@institutoembelleze.com

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Semana de Moda do Arapiraca Garden Shopping acontece de 23 a 27 de setembro

Prefeitura de Arapiraca 2225d044 4040 4c16 b5aa db61c58f71ef

As tendências de moda que estarão nas lojas nesta temporada serão apresentadas na Semana de Moda Garden, no Arapiraca Garden Shopping. Na quarta (23) e na quinta-feira (24), serão realizados editoriais, ao vivo, no palco da Praça de Alimentação. No sábado (26) e no domingo (27), será a vez de o público conferir os desfiles. As atividades terão início sempre a partir das 16h. A entrada é gratuita.

A gerente de marketing do shopping, Vanessa Souto, destaca que os visitantes poderão conferir, em primeira mão, não só o que estará em alta nos segmentos feminino, masculino e infanto-juvenil, mas como usar. “Vamos mostrar que o que tem nos grandes polos de moda também é encontrado aqui, nas lojas do shopping, de forma acessível a todos”, destacou.

Quem for ao shopping nos dias 23 e 24, poderá acompanhar a sessão de fotos com modelos ao vivo, e de forma gratuita, com looks das empresas participantes. Os editoriais de moda serão também transmitidos em telões, a fim de que nenhum detalhe deixe de ser visto pelo público presente.

Já nos dias 26 e 27, os desfiles terão a presença ainda das blogueiras de Arapiraca, Gabrielly Farias, Leila Denise Oliveira e Clau Soares, que irão acompanhar tudo e comentar os looks e tudo que vale a pena investir na estação.

Até o momento, estão confirmadas para os desfiles as lojas Patropi, Aretuza, Imperium, My Place e Santana Mariano.

Promoção

No dia 15 deste mês, como parte da Semana de Moda Garden, foi lançada a promoção para aquisição da sacola do evento, por meio da troca dos cupons fiscais de compras realizadas no shopping. O sucesso foi tanto que, na terça-feira (21), todas as duas mil sacolas, colocadas à disposição dos consumidores, já haviam sido trocadas. 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Coquetel marca lançamento da coleção Primavera Verão da Pris

Clau Soares 7e546530 ac3d 4ec9 a341 62c0f3ce820c Empresária Priscila Kelly

As cores da Primavera desembarcaram, em Arapiraca, com o lançamento da nova coleção da loja Pris, no bairro Ouro Preto, nesta quarta-feira (16). Os tons solares, com destaque para o alaranjado e o amarelo-claro, e as estampas ganharam destaque nesta temporada. Com araras cheias, a anfitriã Priscila Kelly recebeu pessoalmente as clientes, das 8h até às 19h.

Escolhidas a dedo pela dona da loja, as peças vieram mais leves e cheias de vida para encarar os dias mais quentes do ano. O soft jeans, mais leve e macio, permanece em alta. Outro destaque é a pegada “handmade”, com detalhes que lembram os bordados do “tempo da vovó”, e dão um toque feminino ao visual. 

Blusas, calças, shorts, saias, vestidos, com as principais tendências para Primavera/Verão, foram disputadas. A cabeleireira Anny Meury Lima entrou na loja, pela manhã, para comprar apenas uma bolsa. Saiu de lá, com duas bolsas, uma carteira de mão e várias peças de vestuário. “É impossível resistir. São muitas peças bonitas. Aqui, você não encontra uma peça, mas várias”, afirmou Anny.

Priscila Kelly, além de manter o preço justo, um grande atrativo para as consumidoras, prezou pela diversidade, atendendo a diferentes estilos e gostos. “Trouxe um pouco de cada estilo, com peças mais arrumadas e muitas para looks casuais, do dia a dia”, afirmou.

Os cintos, bolsas, bijuterias, óculos de sol também foram alvo do desejo das consumidoras que não saíram sem adquirir, ao menos, um item da nova coleção da Pris. Aliás, o feriado não foi motivo para as clientes deixarem conferir o que vai ficar em alta nesta temporada e atualizar o guarda-roupa. Até o começo da noite, ainda havia clientes na loja à procura da peça ideal.

Os lançamentos da loja Pris, vale o registro, vão além da apresentação das coleções. As tradicionais guloseimas, com petiscos e sucos, são sempre atrações à parte. Uma verdadeira tentação. Sem falar do ambiente aconchegante, com boa música, gente do bem e muita troca de informação de moda.

Para quem não pode comparecer, ainda dá tempo de conferir as novidades. A loja, localizada à Rua Professor Juvino Cavalcante, 76B, funciona diariamente, em horário comercial.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com