Traipu se articula para evitar fechamento do Banco do Brasil

85c8a5d6 8970 43fe 8448 d1a0020fedf1 Prefeito teme um fracasso no comércio local caso se concretize a junção do BB

Moradores do município de Traipu, região Agrestina de Alagoas, vivenciam momento  de humilhação e falta de respeito por parte do Banco do Brasil. É que drasticamente a instituição bancária publicou há poucos dias, uma portaria, dando conta de que a partir do dia 20 de novembro próximo, quem quiser dispor de todos os serviços oferecidos hoje pela agência da cidade,  terá que se deslocar até Girau do Ponciano; pois a direção do órgão em Brasília, decidiu de maneira medíocre transferir todas as contas dos correntistas traipuenses para a agência de Girau.     

Na verdade, em Alagoas, o Banco do Brasil vem sendo alvo de muitas críticas por parte de vários prefeitos, apoiados pelos deputados, Ronaldo Medeiros (estadual) e os federais Ronaldo Lessa e Paulão, parlamentares que vestiram a camisa, sobretudo cobrando em Alagoas e no Congresso Nacional, respeito e satisfação para o povo. Isso porque o BB adotou uma política, a fim de transformar suas agências que sofreram ataques de bandidos, em Postos de Serviços. Isso resultou na debilitação da economia das cidades vítimas desse caso, visto que a população passou a operacionalizar suas finanças em outras regiões. Por conta disso, foi que no último dia 6, a Justiça determinou a reabertura por completa das agências de Canapi, Mata Grande e Piaçabuçu.

O prefeito de Traipu, Eduardo Tavares (PSDB) disse que foi informado pela Superintendência Regional do Banco do Brasil aqui em Alagoas, que em razão dos sinistros ocorridos de 2016 para trás e, devido ao fato do ex-prefeito (Marcos Santos) não haver repassado ao Banco o dinheiro dos consignados dos servidores públicos, fato que fez o BB judicializar o caso e, por isso, não pode mais fazer empréstimo aos quase 2.500 servidores da Prefeitura, levou a diretoria a decidir, no final do ano passado, pelo fechamento do Banco.  

“O fechamento está marcado para ocorrer dia 20 de novembro próximo, justamente em uma época em que o dinheiro público é tratado com respeito; circula dentro do município e em um momento que Traipu vivencia profundo clima de tranquilidade, paz e segurança! Esse ano jamais tivemos qualquer tipo de delito em nossa terra. Mas, nós vamos brigar! Estamos mobilizando a classe política e vamos à Justiça (ação popular), o Banco é de fomento! É do povo! Está em Traipu há 40 anos! Não vamos permitir que isso ocorra!” disse Eduardo Tavares, esperançoso para alcançar tal sonho, assim como os prefeitos de Canapi, Mata Grande e Piaçabuçu que este mês receberam o aval da Justiça, para que o Banco do Brasil reabra suas portas como agência bancária, e não como posto de serviço.  

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Exoneração de servidores promete agora aliviar finanças de Chã Preta

79812944 78b3 4456 9b6c 9606e5e41367 Fizemos de tudo para evitar este decreto, diz a prefeita Rita

A Prefeitura de Chã Preta passa a ter uma folga de caixa neste final de mês, visto que no dia 29 último  a prefeita Rita Tenório (PMN) exonerou todos os cargos comissionados e contratados, a fim de assegurar financeiramente a administração pública nesse período de crise, sobretudo pela constante diminuição dos repasses federal.

Argumenta a prefeita, que  escaparam  dessa medida; os secretários, procurador geral, controlador geral, chefe de gabinete e funções correlatas, que juntos com a ela e o vice-prefeito, terão redução de 20% em seus vencimentos  a partir deste mês até  dezembro próximo.

 “Estamos na mesma situação de todos os outros municípios. Fizemos de tudo para evitar este decreto, inclusive com outras medidas, como; corte de gratificação e redução de despesas; porém, as medidas ora apresentadas visam melhor adequar essas situações à atual realidade econômica e financeira do nosso município, sem prejuízo da prestação de serviços perante a coletividade”, destacou a prefeita Rita Tenório.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Crise força mais duas Prefeituras dispensarem servidores em AL

C873516a b453 4d32 8a50 c39b8af5229c Prefeita Maristela não teve outra alternativa:. dispensou todos nesta 5ª

 Parte dos prefeitos alagoanos está retornando de Brasília depois de mais uma viagem aventureira, sobretudo na busca de solução para a crise que afeta os municípios. Na quarta-feira, eles foram recebidos pela bancada federal de Alagoas na sede da CNM. Por enquanto, toda bronca está sobrando para quem atual como servidor comissionado e contratado, onde é bastante alarmante o quadro de desemprego pelo interior, cuja situação vem causando até um desgaste econômico nos comércios das cidades atingidas, que, aliás, não escapa uma sequer.  

Esta semana, por exemplo, os gestores de Atalaia e Piranhas dispensaram  todos os comissionados e contratados; engrossando ainda mais o bolo de desempregados do Brasil, que já margeia a casa dos 14% conforme o IBGE (isso os que tinham carteiras assinadas).  Na verdade são muitos os prefeitos que já tomaram essa iniciativa em Alagoas nesses últimos dias.  No caso de Atalaia, há mais de três meses que a Prefeitura não vinha pagando o pessoal. No mês passado, o prefeito, Chico Vigário chegou até baixar uma portaria, reduzindo em 30% o salário dos comissionados, justamente na tentativa de honrar os compromissos da folha de pagamento, o que não foi possível.

Pois bem, foi na manha desta quinta-feira, que uma indigesta notícia tomou conta de Piranhas, sobretudo para centenas de pessoas que trabalham na Prefeitura em cargos comissionados e contratados. É que a prefeita Maristela baixou uma portaria exonerando todos os cargos, a fim de assegurar fluxo de caixa para garantir a máquina administrativa funcionando. Atribui à medida, as constantes quedas de repasse financeiro dos governos federal e estadual, em meio a essa desastrosa crise provocada pelos corruptos de Brasília.  

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Escritor lança livro sobre padre de Chã Preta e homenageia clero alagoano

F2d99f2d adfa 4a58 982a 31914bb8271c Olegário numa noite de autógrafo com a presença do povo de Chã Preta

O presidente da Academia Alagoana de Cultura, Olegário Venceslau  foi o grande protagonista na noite do último sábado em sua terra natal (Chã Preta/AL), ocasião em que lançou seu livro “Ecos de uma Homilia”.  Trata-se de uma obra literária que narra à vida de seu conterrâneo, o padre Dimas, que se estivesse vivo, estaria completando um século agora em 2017. “O padre Dimas era um personagem intelectual; sacerdote católico  que por sinal foi  um dos fundadores do antigo Colégio Pio XII, em Palmeira dos Índios”, diz Olegário.

 O evento reuniu  autoridades, religiosos, professores, alunos e simpatizantes da Cultura local. Na oportunidade ainda foram outorgadas algumas Comendas homenageando várias personalidades do clero alagoano, justamente pelo centenário de nascimento de padre Dimas. “Olegário Venceslau, como advogado, escritor e historiador; filho da nossa Chã-Preta tem contribuído significativamente para a preservação da literatura e cultura do nosso município”, comentou a prefeita Rita Tenório, orgulhosa pela maneira de como o povo chãpretense tem valorizado a cultural local.  

“Filho sua família tem muito orgulho de você e te ama muito viu?  Seu pai, sua mãe e sua irmã estarão sempre contigo apoiando e compartilhando cada momento ao teu lado” comentou nas redes sociais sua mãe dona Edlauza, afirmando que  Deus continua abençoando a família   

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ex-vereador maceioense pronto para encarar eleição em 2018

Divulgação 0ad89140 06f8 4316 ae5b 98645c19ffd9 Santana num momento de inauguração na Saúde com o secretário Nonô

Para a eleição que se aproxima o partido Democrata (DEM) aposta na candidatura do ex-vereador por Maceió, Luiz Carlos Santana, o Luiz Carlos da Adefal como é conhecido. Os planos de Santana é disputar uma vaga para a Assembleia Legislativa. É que além da capital, Santana esbanja também prestígio político pelo interior do Estado, pelo fato de contribuir ao longo dessas últimas décadas, pela implantação de várias entidades representativas das pessoas que portam deficiência, vinculadas com a Adefal, órgão em que foi um dos fundadores, nos anos 80, cuja  entidade filantrópica, mantém hoje, um dos maiores trabalhos sociais no Brasil, sobretudo  no serviço de reabilitação física das pessoas carentes de Alagoas.

 “Vamos entrar com o propósito de manter a nossa linha de trabalho, sobretudo direcionada para as pessoas que enfrentam uma demanda sem igual na questão de serviço público em Alagoas”, afirma Luiz Carlos Santana. Em Maceió,  Santana largará com o apoio do prefeito Rui Palmeira (PSDB) do qual faz parte de seu  de governo, ocupando um cargo na Secretaria de Saúde, pasta que tem como comandante, José Tomaz Nonô, presidente estadual do DEM.  

“O Luiz Carlos Santana é tido como o  homem que assumiu a liderança em Alagoas dos movimentos em prol dos portadores de deficiência; sobretudo após a morte do saudoso Gerônimo da Adefal, um grande líder que chegou até a ser deputado federal”, disse Tomaz Nonô, salientando que esse é o momento de Santana vestir pra valer a camisa na política, a fim de atender todo o Estado.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Receita aplica multa milionária em Prefeitura que tentou aplicar golpe

Luzamir Carneiros JGNoticias 2363a4b1 c23d 420d acfa eb3ec28f0157 Procurador Geral do município, Michel Galvão (em pé) e Adriano Barros na busca de solução

 Em Joaquim Gomes, o prefeito Adriano Barros acaba de receber uma notícia mais indigesta do que nunca para o seu governo. Simplesmente a Receita Federal está aplicando uma multa milionária superior a 11 milhões de reais, contra a Prefeitura. Isso porque o município teria no final de 2015 e todo o período de 2016 praticado uma compensação indevida, ou seja, compensação com falsidade, o que seria uma forma de buscar junto a Receita um direito que não era legítimo.

Toda bronca está sendo atribuída ex-prefeita Ana Genilda Costa.  Isso porque através de um escritório jurídico, ela acionou o órgão para tentar de forma falsa dizer que teria um direito a devolução de INSS, alegando que o município teria pagado a mais do devido, razão que ficou sem repassar todo valor recolhido de INSS dos servidores para o Governo; e quando percebido, a Receita Federal  aplicou uma multa de 150% do valor da dívida, que somando alguns meses de 2015 com todo ano de 2016 ultrapassa a casa dos 11 milhões de reais -isso apenas de multa.  

Para o prefeito Adriano Barros, que agora no dia 10, não viu sequer a cor do repasse do FPM do município, retido pela Justiça, -trata-se de um valor impagável, e que não encontra solução para quitar tal débito, visto que os 11 milhões são apenas da multa; e quando se fala no débito real, o montante é absurdo, disse. Por enquanto, o prefeito acionou seu departamento jurídico que promete responsabilizar a ex-prefeita e tentar junto aos órgãos competentes uma maneira de renegociar a situação, sobretudo para que  Joaquim Gomes não mergulhe profundamente num colapso financeiro.

Com informaões do site JGNoticias

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Atalaia garante apoio para os Sem Terra e celebra os 300 anos da padroeira do Brasil

0c9dcb36 687a 4e19 8b20 544a3246b3a0 Prefeito liderou reunião depois de várias reivindicações

Com uma população estimada para este ano em 47.744 habitantes, conforme dados do IBGE, a Prefeitura de Atalaia/AL, trabalha no sentido de garantir cidadania para todo esse universo de pessoas. Entre elas, estão as famílias que vivem nos assentamentos,  integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, que na última quarta-feira, foram recebidos pelo prefeito Chico Vigário e seus secretários.  O encontro foi para tratar de melhorias nos assentamentos, sobretudo nos serviços de Saúde, Educação,Meio Ambiente, fornecimento de água e na Infraestrutura. 

O prefeito Chico Vigário entende que existe uma demanda grande de serviços e que seu governo não tem medido esforços para sanar os problemas existentes. Ouviu das lideranças do MTRST, reivindicações de abastecimento de água, inclusive com abertura de poços artesianos, trator para a agricultura, recolhimento de lixo, apoio para a realização da primeira Feira da Reforma Agrária, entre outros itens.

“Todo um esforço será feito, no sentido do nosso governo garantir essas reivindicações; até porque esse é o nosso dever” destacou Chico Vigário, que nesta quinta-feira, num  clima de espirito, fé e esperança, sobretudo para que as coisas melhorem  no país, participou ativamente junto com a primeira dama, Rosiane, das festividades alusivas ao Dia da Padroeira do Brasil,  N. S. Aparecida. A festa foi  no bairro José Paulino, onde o evento  celebrou em grande estilo os 300 anos do aparecimento da padroeira brasileira.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Canapi consolida trabalho na Assistência Social com apoio de Brasília

087d281c 5750 46a9 bf73 744b41bad364 Equipe comemora nova sede para atuar junto com o povo

Com muita habilidade, a Prefeitura de Canapi no Sertão alagoano vem driblando a crise promovendo ações em todos os setores. Agora o prefeito Vinícius Lima entregou a nova sede do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), que irá atender às demandas relacionadas à violação de direitos de mulheres, crianças e idosos. O atendimento será realizado de segunda a sexta-feira por profissionais devidamente capacitados para atuarem nos trabalhos de proteção social especial.

Desde que assumiu o governo em janeiro de 2017, a equipe de Vinícius Lima vinha lutando junto ao MDS e a SEADES para a liberação dos recursos que haviam sido bloqueados por falta da apresentação de documentação pela gestão anterior. Em maio, finalmente foram liberados justamente para a contratação da equipe técnica e para prover o aluguel de um prédio para o funcionamento do órgão. “Este já está funcionando com os equipamentos necessários para o bom atendimento à comunidade” disse o prefeito.

O prefeito Vinícius Lima reafirma seu compromisso para com a administração pública, salientando a importância dos valores solidificados em seu mandato. “Entregar um prédio digno, com boas instalações e equipamentos para atender o nosso povo, reforça o nosso compromisso com a ética, justiça, tolerância, coragem e transparência. Estes pilares serão, sem dúvida, o esteio de nossa administração” comentou Vinícius, enaltecendo a equipe da Secretaria de Assistência Social, tendo à frente  secretária Gildaleia Mariano.  

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Com seu nome limpo agora  no "SPC", Girau se organiza visando fortes investimentos

9a3e8522 65b7 43b4 9bc1 6565d26755fd Deputado Gilvan, Renan Filho e David num recente encontro no Palácio

Em Girau do Ponciano, onde segundo a estimativa do IBGE para este ano, a população é de 41.279 habitantes, o prefeito David Barros ganhou fôlego agora, a fim de garantir recursos federais por meio e emendas parlamentares, visto que o município não se encontra mais na relação negativa do CAUC (o SPC/Sereasa dos municípios) “Desde fevereiro de 2013 que Girau  estava no CAUC; mas, em menos de nove meses de governo conseguimos regularizar todas as pendências em que o município foi entregue”, comentou nas redes sociais, assegurando que agora pode celebrar convênios e contratos de repasse com os mais diversos órgãos do governo Federal e com isso investir em obras para que o povo tenha uma melhor qualidade de vida

 

À frente da Prefeitura agora num terceiro mandato, David Barros sabe que o desafio atual é pra valer, sobretudo nesse período de crise. É que lá em Girau, existe uma demanda sem igual de problemas sociais. “Estamos ainda arrumando a casa mesmo nesses pouco mais de nove meses de administração”, disse, acreditando que o caminho é buscar parceiros, como os governos estadual e federal, a fim de tocar o barco para frente, na certeza de encontrar dias melhores.

No mês passado, David obteve apoio do ministro do Turismo, Marx Beltrão e do deputado Gilvan Barros Filho, a fim de tirar do papel a obra da construção da Subestação de energia elétrica de Girau, cuja obra ficou paralisada após a troca do imóvel que fora doado em 2011. “A Eletrobras Distribuidora Alagoas está a concluir a legalização fundiária dos imóveis, onde passará a linha de transmissão. Eles me deram um prazo  até o final deste mês para que a obra tenha início”, comentou, entendendo que esse é o caminho para cativar empresários para que instalem indústrias no município, a fim de garantir emprego e renda na região.

Com o deputado Gilvan Barros Filho, David Barros busca apoio junto ao governo do Estado, no sentido de reformar e modernizar o estádio de futebol José Enoque de Barros o “Enokão”, como também o sistema de abastecimento de água por meio da Casal no município. Os dois estiveram pessoalmente com o governador Renan Filho, de quem receberam total apoio para garantir um trabalho de parceria para o bem do povo de Girau do Ponciano.  

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Palmeira dos Índios ganha apoio federal para mudar seu perfil urbano

65ad159d 998e 4b92 a4f7 394b0b5527a9 Prefeito ladeado dos deputados, ministro e superintendente da Caixa detalha projeto

A razão de ter tirado ousadamente Palmeira dos Índios da lista negra do CAUC (o SPC dos municípios) coisa que parecia impossível, visto que eram 23 itens dos mais diversificados problemas; agora começa a render bons frutos para os palmeirenses. É que na tarde desta segunda-feira, o ministro do Turismo, Marx Beltrão selou parceria com o prefeito Júlio Cezar, a fim de garantir a revitalização e urbanização do Lago do Goiti e da Praça Moreno Brandão, cujo valor dessa primeira etapa do projeto, chega à casa dos quatro milhões de reais. A assinatura do convênio ocorreu na sede da Superintendência da Caixa, em Maceió com a presença de Sandro Pepe, comandante do órgão, além dos deputados estaduais Val Gaia e Severino Pessoa.

“Foi gratificante se empenhar para tirar Palmeira do CAUC, sobretudo porque ao longo desses últimos mandatos administrativos nenhum gestor teve a coragem de peitar tal  dilema, o que vinha impedindo o advento de verba federal por meio de emendas parlamentares”, disse Júlio Cezar, orgulhoso por ter garantindo nesse curto  período  de seu governo a execução de 26 obras; e que na manhã desta terça-feira, assina a ordem de serviço para a construção de uma creche que tentaram erguer em 2012, mas só agora com sua habilidade, conseguiu também com Marx Beltrão, destravar uma verba federal de dois milhões e oitocentos mil reais, para essa finalidade.

Sandro Pepe frisou que o prefeito Júlio Cezar transformou Palmeira no município que  mais tem contrato em andamento junto a Caixa Econômica ao longo desses últimos nove meses. O ministro Marx Beltrão disse que para um bom gestor não falta recurso, e que Júlio Cezar mesmo assumindo um município com muita dificuldade, tem mostrado que o caminho é buscar parceiros, sobretudo por meio de uma linha técnica exigida pelos padrões do governo federal. Segundo o ministro, Palmeira dos Índios passa a ser o primeiro município alagoano agora em 2017 dentro de seu ministério, a ter um contrato assinado junto a Caixa Econômica. Por sua vez, o deputado Val Gaia mostrou-se orgulhoso em acompanhar a dinâmica administrativa que seu município vem obtendo por parte de um prefeito cheio de vitalidade, amparado por um alagoano que está surpreendendo à frente do Ministério do Turismo, sobretudo defendendo de corpo e alma seu Estado natal.

OUTROS

O ministro Marx Beltrão afirmou também, que  está se empenhando, a fim de desobstruir alguns projetos que estão engavetados em Brasília. Entre eles a revitalização do Centro da cidade, reforma e modernização da Praça Independência, além da revitalização da Estação Ferroviária e do Cristo do Goiti. “São projetos que estavam  em situação de cláusulas suspensivas, mas, graças a intervenção da Prefeitura de Palmeira e do nosso Ministério, automaticamente os projetos serão colocados em prática por esses dias”, garantiu Beltrão.  

LAGO DO GOITI

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com