Rogério Teófilo inicia diálogo com os vereadores eleitos e já teria ampla maioria na Câmara

foto: Cada Minuto 62f035a2 a8fc 46da 8861 c50949e92408 prefeito eleito de Arapiraca, Rogério Auto Teófilo (PSDB)

Tudo indica que a estratégia do prefeito eleito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB) em reunir o maior número de vereadores ao lado da gestão batizada de ‘Nova Arapiraca’ está dando certo. Se os nomes que chegaram à redação estiverem corretos, Teófilo já teria 13 dos 17 vereadores eleitos em 2 de Outubro.

Com número maior de vereadores na Câmara Municipal, o novo prefeito passa a contar com mais agilidade para a aprovação de propostas de origem do Poder Executivo. Os entraves serão menores e as comissões permanentes da Casa podem colaborar para diminuir a burocracia.

Eleito com apenas 3 vereadores de sua coligação, Rogério Teófilo vem conversando com os novos e experientes vereadores, buscando a união em torno de suas propostas de campanha e que serão colocadas em prática a partir de Janeiro de 2017 no que ele chamou de novo modelo de gestão. E o diálogo está sendo muito proveitoso para o prefeito eleito e para os edis.

A maioria dos vereadores acredita que vale a pena apostar no novo governo ao mesmo tempo em que entendem que será importante participar deste processo unindo os dois poderes em benefício da cidade. Mas vale lembrar que o papel da oposição também contribui com a gestão.

Prováveis nomes da situação: Aurélia Fernandes, Melquisedec, Pablo Fênix, Léo Saturnino, Fábio Henrique, Edvânio do Zé Baixinho, Gilvânia Barros, professora Graça, Dr. Fábio, Thiago ML, Jário Barros, Pastor Marcos Caetano e Willomaks.

Prováveis nomes da oposição: Sérgio do Sindicato, Rogério Nezinho, Fabiano Leão e sargento Moisés.

Mas o diálogo continua; é a arte da política. 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Deputado Pessoa leva pauta de reivindicações de Arapiraca para ministro Marx Beltrão

foto: cortesia 14fd1c87 6516 4954 b4ea 4d4feb0977b9 deputado Severino Pessoa e ministro do Turismo Marx Beltrão

Em recente visita oficial ao Estado de Alagoas, o ministro do Turismo Marx Beltrão (PMDB) teve um importante encontro com o deputado estadual Severino Pessoa (PSC) em Maceió. O parlamentar, que tem base política em Arapiraca, aproveitou a oportunidade para levar uma pauta de reivindicações em prol da cidade e municípios circunvizinhos.  

Severino Pessoa acredita que o governo federal, por meio das indicações do ministro Marx Beltrão, será capaz de encaminhar recursos para estimular o desenvolvimento do setor na Região Metropolitana do Agreste, atraindo um número cada vez maior de visitantes e melhorar a estrutura no segmento.  

Para o ministro, a agenda na capital alagoana contemplou o encontro com o deputado estadual Severino Pessoa. Na visão de Marx Beltrão, foi possível alinhar diversas demandas da região Agreste, notadamente para a cidade de Arapiraca a respeito das parcerias com o ministério do Turismo.  

Marx disse ainda que o mais importante é destacar as potencialidades de cada região e particularidades que favoreçam novos destinos turísticos.  

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Teotonio Vilela credencia Rogério Teófilo e Rui Palmeira como eventuais candidatos ao governo em 2018

foto: arquivo/Cada Minuto 599152ea 1c85 4bc6 ab15 3bc449092104 Teotônio Vilela Filho (PSDB)

Com o fim das eleições municipais de 2016, é fato que o maior vencedor político do ano foi o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) que é capitaneado pelo ex-senador e ex-governador do Estado, Teotônio Vilela Filho. 

As duas maiores vitórias da legenda vieram nas duas maiores cidades de Alagoas com a eleição de Rogério Teófilo em Arapiraca e a reeleição de Rui Palmeira em Maceió. Para Téo Vilela, um dos dois será candidato a governador em 2018. 

Mesmo sendo vitorioso na maioria das cidades do Estado, o PMDB perde espaço e força para tentar impulsionar as candidaturas de reeleição do senador Renan Calheiros e do governador Renan Filho. E mais, a chapa puro sangue que elegeu Renan e Luciano Barbosa (governador e vice em 2014) não deve ser mantida sob os efeitos das urnas de outubro.  

Aproveitando os momentos de comemoração das vitórias do PSDB, Téo Vilela aproveitou para parabenizar seus aliados políticos e verbalizou que o partido estará presente nas eleições de 2018 como protagonista. Neste sentido, Teotônio será timoneiro de uma campanha para tentar voltar ao Senado e também vai apresentar uma candidatura própria ao governo de Alagoas.  

O ex-senador disse que o partido ganhou o destaque que merecia e que hoje existem dois nomes com fortes condições de encabeçar uma candidatura ao governo. Para ele Rui Palmeira e Rogério Teófilo são hoje os maiores nomes da legenda e que podem disputar o cargo de governador nas próximas eleições.  

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Vice-prefeita eleita, Fabiana Pessoa, vai coordenar equipe de transição em Arapiraca

foto: arquivo pessoal Ef95c7f3 b6ce 4378 9eda 3b48c673e6eb vice-prefeita eleita Fabiana Pessoa

Após reunião do prefeito eleito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB) com a atual prefeita, Célia Rocha (PSL) e o promotor de Justiça, Napoleão Amaral Franco, para tratar do processo de transição de governo, ficou definido que a comissão técnica da nova gestão será coordenada pela vereadora e vice-prefeita eleita, Fabiana Pessoa (PRB).

Por enquanto, a prefeita Célia Rocha não informou quem será o responsável pela transição representando a sua administração, mas garantiu que o processo deve ser realizado de forma tranquila e harmoniosa.

Caso a vereadora Fabiana Pessoa queira se afastar do cargo por conta dos trabalhos da comissão de transição, quem assumirá sua vaga na Câmara Municipal será o primeiro suplente da eleição de 2012, Willomaks de Magalhães. O curioso é que Willomaks foi candidato a vereador na eleição deste ano e venceu o pleito com 1927 votos. Já na eleição anterior ele obteve 1335 votos.

Os demais nomes que vão compor as equipes de transição da atual e da próxima administração não foram informados.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PMDB conta com a maioria dos vereadores eleitos

foto: arquivo/Cada Minuto 623b6cd6 fbca 48a2 9605 855aceb55560 sede do Poder Legislativo de Arapiraca

O PMDB foi derrotado nas urnas nas duas maiores cidades de Alagoas. Em Arapiraca e Maceió os prefeitos que assumirão em Janeiro de 2017 são filiados ao PSDB do ex-senador Teotônio Vilela Filho. Na terra de Manoel André venceu o professor Rogério Teófilo e na Capital do Estado Rui Palmeira vai para o segundo mandato. Em Arapiraca quatro vereadores foram eleitos pelo PMDB, o maior número de um partido. 

Apesar de não conseguir eleger o candidato Ricardo Nezinho, em Arapiraca, o partido do senador Renan Calheiros e do governador Renan Filho conseguiu fazer a maioria dos vereadores da coligação. Já o PSDB não elegeu nenhum vereador, mas conta com três eleitos de sua coligação (Aurélia Fernandes, Melquisedec e Pablo Fênix).

Ao todo foram quatro eleitos pelo PMDB (Rogério Nezinho, Léo Saturnino, Fabiano Leão e Gilvânia Barros), destes dois devem fazer parte do grupo de oposição (Rogério e Fabiano) e dois podem passar para a situação (Gilvânia e Léo).

Numa projeção para 2018, alguns vereadores podem disputar uma vaga na Assembleia Legislativa e com isso concorrer com os três parlamentares (Severino Pessoa, Tarcizo Freire e Ricardo Nezinho) que disputarão mais um mandato. Moisés Machado, Jário Barros, Aurélia Fernandes e Sérgio do Sindicato são os nomes mais cotados, mas ninguém confirma a informação de que serão candidatos a deputado estadual.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Governador Renan Filho pede licença de dez dias após resultados ruins nas eleições

foto: Arquivo Ba256dd8 b927 484d 94c7 857fb91476af governador de Alagoas, Renan Filho

Após confirmar a inevitável derrota de seu candidato a prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PMDB) o governador de Alagoas, Renan Filho, resolveu tirar uns dias para pensar na vida e na política, claro. Durante toda a campanha eleitoral, os números das pesquisas apontavam a liderança absoluta do atual prefeito Rui Palmeira, que venceu a eleição deste domingo (30) com 60% contra 39%, respectivamente.

Com a licença do cargo por dez dias, o vice-governador, Luciano Barbosa, assume o governo deixando, temporariamente o cargo de secretário de Estado da Educação. Fontes do Palácio República dos Palmares, que pedem para manter o sigilo, informam que Renan não vai descansar e sim estudar as prováveis mudanças que fará em seu secretariado nos próximos dias.

A licença do governador Renan Filho tem início nesta quarta-feira (02) e durante a gestão em exercício, Luciano Barbosa dará sequência normal às atividades do governo. Na oportunidade Luciano pretende cumprir agenda no interior do Estado e deve priorizar compromissos na Região Agreste.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PSDB carimba reeleição em Maceió e oficializa segunda queda do PMDB em Alagoas

foto: UOL 3d7025e1 3763 4359 8849 e9cff92f2f39 prefeito reeleito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB)

Apesar de ter feito aproximadamente quarenta prefeitos nas eleições de 2016, o PMDB de Alagoas sai enfraquecido do pleito após a confirmação das derrotas nas duas maiores cidades do Estado: Arapiraca e Maceió, ambas vencidas pelo PSDB do ex-senador Teotônio Vilela Filho.

Em Arapiraca, o vitorioso foi o ex-deputado federal Rogério Teófilo ainda no primeiro turno com diferença apertada de pouco mais de 250 votos. Foi a terceira do tucano em vencer a eleição para prefeito. As outras duas vezes foram em 1992 e 2012.

Já em Maceió, a vitória do atual prefeito era dada como certa por todos os institutos de pesquisas e a confirmação veio após a realização do segundo turno neste domingo, 30 de outubro. Rui Palmeira vai para o segundo mandato, após ter vencido o deputado federal e ex-prefeito da Capital, Cícero Almeida.

A executiva do PMDB minimiza as derrotas nos dos maiores colégios eleitorais, contabilizando que o resultado do pleito deste ano trouxe um crescimento de 56% em relação às eleições de 2012. Outra vantagem destacada pela direção da legenda foi a eleição de candidatos em todas as regiões do Estado.

Até 2018, o PMDB terá muito que resolver para tentar reeleger o atual governador Renan Filho que poderá ter como principal concorrente um candidato do PSDB com fortes indícios de ser o prefeito reeleito de Maceió, Rui Palmeira, ou o deputado estadual Rodrigo Cunha. 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Renan Filho vai mexer em seu secretariado após o resultado final das eleições em Alagoas

foto: TH 9479bc3b 6fb5 4cf2 8de3 d2f350dd8d9b governador de Alagoas Renan Filho

Domingo, 30 de outubro de 2016. Essa é a data final das eleições em Alagoas, com a escolha do prefeito de Maceió em segundo turno entre os candidatos Rui Palmeira (PSDB) e Cícero Almeida (PMDB). Após esta data, o ‘palanque será desmontado’ e o governador Renan Filho (PMDB) deve promover alguns remanejamentos e/ou até mudanças em seu secretariado.

Quais os nomes que saem ou que apenas mudam de sala no Palácio República dos Palmares não se sabe ou se sabe. Comentários da ‘rádio corredor’ na sede do Poder Executivo do Estado dão conta de que ao menos seis secretarias terão seus titulares mudados.

As mudanças se forem confirmadas, seguirão dois critérios básicos. Uns pela avaliação sistemática do próprio governo e outros por conta do resultado das urnas que obrigaria Renan Filho a reorganizar seu quadro principal para adaptar à nova conjuntura política. Medida necessária para quem vai buscar a reeleição em 2018, no caso o próprio Renanzinho.

O cenário deve seguir o mesmo, pelo menos por enquanto já que estamos praticamente no fim do segundo ano de mandato do governo PMDB, mas é muito provável que ocorram mudanças no máximo até o Carnaval. Apesar de preservar a linha técnica dos homens e mulheres de frente do governo, Renan vai também valorizar o fortalecimento político do pós-eleições e com isso até municípios onde o partido perdeu nas urnas podem ser contemplados. É a política da boa vizinhança, literalmente.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Severino Pessoa pode disputar eleição para deputado federal em 2018, assessoria nega

foto: comunicação/ALE 414789f5 3bb4 4a92 b23a c49e0fbd535e Deputado estadual Severino Pessoa

O deputado estadual Severino Pessoa (PSC) ainda não fala sobre o assunto, mas pessoas mais próximas sugerem que o parlamentar, que reside em Arapiraca, no Agreste do Estado, será candidato a deputado federal nas eleições de 2018. A assesoria do parlamentar nega a informação e diz apenas que ainda é cedo para estas especulações.

O fato é que Severino Pessoa conseguiu emplacar ao menos cinco prefeitos nas cidades onde teve candidato do seu partido ou coligação e este número pode seguir aumentando na medida em que os prefeitos eleitos ou reeleitos também começarem a buscar parceiros junto ao governo do Estado e, sobretudo no ambiente da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).

Proporcionalmente, a maior vitória do parlamentar foi em Arapiraca onde seu candidato Rogério Teófilo (PSDB) venceu a eleição ao lado da esposa do deputado, Fabiana Pessoa (PRB). Ela ainda cumpre seu mandato de vereadora em Arapiraca, cargo preterido pela irmã do Severino, a médica Sinielza Pessoa (PSD), mas ela ficou na 1ª suplência da coligação vitoriosa.

Uma coisa é certa. Severino Pessoa foi peça fundamental para a eleição de Rogério Teófilo em Arapiraca e naturalmente terá condições de sugerir ou indicar alguns nomes para compor o secretariado do prefeito eleito. Também podemos considerar que a vice, Fabiana Pessoa, poderá ter um cargo de destaque, mesmo na condição de vice-prefeita para ajudar a compor o novo modelo de gestão que foi preconizado durante a campanha eleitoral.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Secretários municipais de Saúde buscam apoio do MP para receber recursos do governo do Estado

foto: Assessoria Cosems F64ad396 ccb9 4a51 be6e 0f35bae90ad6 Integrantes do Conselho de secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems)

O Conselho de secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems) recorreu ao Ministério Público Estadual (MP/AL) para buscar um acordo com a secretaria de Estado da Saúde do Estado (Sesau) para receber os repasses financeiros, que se acumulam desde o mês de Abril deste ano. Desde então, o caos se instalou na maioria dos 102 municípios e muitos tiveram que fechar unidades de Saúde e até Hospitais. 

Até o primeiro trimestre de 2016 o governador Renan Filho (PMDB) mantinha o programa Pró-Saúde, mas a partir do quarto mês o Estado deixou de repassar mais de 10 milhões de reais aos municípios. Tal déficit na área da Saúde deve emperrar o fechamento das contas na transição dos prefeitos eleitos em Outubro. 

Por sua vez, a secretária estadual da Saúde, Rozangela Wyszomirska, nega categoricamente que haja recursos atrasados para os municípios e que a pasta tem feito repasses todos os meses. 

De acordo com integrantes do Cosems de Alagoas, existe ainda o sucateamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), falta de material para pequenos procedimentos nos hospitais e Unidades de Urgência e Emergência, fraldas geriátricas e medicamentos de alto custo. 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com